Publicidade

Estado de Minas

Alemanha não cogita intervenção militar contra o Irã


postado em 14/11/2011 09:06

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, afirmou nesta segunda-feira que seu país se recusa a falar de uma intervenção militar contra o Irã.

"Não participamos em uma discussão sobre uma intervenção militar. Nós acreditamos que estas discussões são contraproducentes e as rejeitamos", disse, antes do início de uma reunião dos 27 ministros das Relações Exteriores da UE em Bruxelas.

Mas Westerwelle considerou "inevitável" a aplicação de sanções mais severas contra o Irã caso Teerã continue se recusando a cooperar com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Os 27 ministros europeus devem debater as situações do Irã e da Síria.


Publicidade