UAI
Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Baleado durante ataque em Itajubá morre de infarto no interior paulista

Breno Augusto Camargo dos Santos foi atingido na perna durante ação de criminosos no Sul de Minas; após receber alta, o homem foi para casa no interior paulista


04/07/2022 16:53 - atualizado 04/07/2022 17:07

Imagem do documento de identidade do rapaz
Breno foi atingido por um disparo na perna (foto: Redes Sociais)

 
O estudante baleado na perna durante ataque de criminosos em Itajubá, no Sul de Minas, morreu nesse domingo (3/7). Breno Augusto Camargo dos Santos foi atingido com um tiro na perna no fim do mês passado. Após receber alta, o homem foi para casa, no interior paulista, onde teve um infarto.
 
 
Breno era aluno do curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação, na Universidade Federal de Itajubá (Unifei).  Em nota divulgada nas redes sociais, a universidade lamentou a morte do estudante.
 
" A Universidade Federal de Itajubá se solidariza com os familiares e manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de Breno Augusto Camargo dos Santos, aluno do curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação, ocorrido no dia 03 de julho, na cidade de Paraibuna", diz trecho da nota.
 
O jovem foi uma das vítimas de uma quadrilha que invadiu a cidade de Itajubá na noite do dia 22 de junho. Segundo a polícia, Breno estava dentro do carro quando foi atingido na perna por um disparo. Ele foi socorrido e levado ao Hospital de Clínicas.
 
Breno era natural de Chapecó, em Santa Catarina, mas morava no interior paulista. Após receber alta, a Unifei disponibilizou um carro para levar o estudante para a casa dele, em São José dos Campos.
 
Ainda em nota, a universidade prestou conforto aos familiares. "Esta é uma homenagem ao Breno, que partiu tão jovem, deixando tantos sonhos. A consternação pelo ocorrido e o desejo de conforto aos familiares e amigos é comum a cada um de nós", ressalta.
 

Noite de terror

 
A noite de quarta-feira, 22 de junho, ficou marcada para o moradores de Itajubá. Uma quadrilha especializada em roubo a bancos invadiu a cidade. O alvo era cofre da Caixa Econômica Federal. A Polícia Militar confirmou que o cofre de penhor da agência foi atacado, mas não há informações se algo foi levado.
 
De acordo com a polícia, pelo menos 15 pessoas participaram do crime. O bando se dividiu, enquanto uma parte foi para o banco, a outra parte atacou o Batalhão da Polícia Militar. Moradores registraram tiros por toda a cidade.
 
Além de Breno, quatros militares também ficaram feridos. Um PM ferido no ombro precisou de cirurgia. A polícia conseguiu recuperar sete veículos usados pelos criminosos. Um dos envolvidos foi preso, suspeito de fazer a escolta da quadrilha. 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade