UAI
Publicidade

Estado de Minas MANIFESTAÇÃO

Em protesto, forças de segurança invadem rodovia e fecham a MG-010

Manifestantes estão em frente à Cidade Administrativa nesta segunda-feira (21/3); categoria pressiona o governo de Minas por recomposição salarial


21/03/2022 12:01 - atualizado 21/03/2022 17:14

Manifestação, forças de segurança
Forças de segurança protestam em frente à Cidade Administrativa, sede do governo do estado (foto: Jair Amaral/D.A Press/E.M )
As duas pistas da MG-010, em frente à Cidade Administrativa, foram fechadas pelas forças de segurança nesta segunda-feira (21/3). O trecho liga Belo Horizonte a Confins, Região Metropolitana da capital. O bloqueio, em poucos minutos, provocou engarrafamento no local. 

A Justiça proibiu que a categoria feche ruas e avenidas de qualquer cidade do estado. Também foi proibida a queima de objetos, porte e utilização de armas, foguetes ou bombas. O descumprimento gera multa de R$ 100 mil por hora. 

 
A categoria, em greve há um mês, pressiona o Executivo por recomposição salarial de 41%, previsto no acordo assinado ainda em 2019. Desse montante, somente 13% foram efetuados. 

A possibilidade de um acampamento na Cidade Administrativa também está sendo discutida, afirmou a Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol). Além de realização de atos isolados nas sedes dos batalhões, porta de quarteis, delegacias e unidades prisionais entre os dias 22 e 31 deste mês. 

“Enquanto ele (Zema) não cumprir o compromisso, vamos continuar manifestando e trabalhando na estrita legalidade”, disse a diretora da Confederação, Aline Rios, em entrevista ao Estado de Minas.  “Estamos defasados desde 2015, trabalhando de forma precária e desumana”. 

Na quinta-feira (17/3), a Justiça determinou a atuação da Força Nacional no caso de novas manifestações dos servidores das forças de segurança de Minas Gerais. 

Desvio

 
Com o bloqueio da rodovia, motoristas que seguem sentido Belo Horizonte desviam da manfestação pelo Bairro São Benedito, de Santa Luzia, também Região Metropolitana da capital, até o viaduto Serra Verde. 

Já os motoristas que seguem sentido Confins devem ter paciência. Sem alternativa de desvio, o trânsito permanece parado e sem previsão de liberação. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade