UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Contagem abre novos leitos para enfrentar a pandemia

Após crescimento no número de casos de COVID-19, prefeitura abriu 28 novos leitos no Hospital Municipal


12/01/2022 11:16 - atualizado 12/01/2022 11:21

Vista geral da ala de novos leitos no Hospital Municipal de Contagem
Segundo a prefeitura, o objetivo dessas ações é a manutenção e a continuidade da qualidade da assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Contagem (foto: Serviço Social Autônomo)
Para reforçar o enfrentamento da pandemia de COVID-19, a cidade de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai manter e aumentar leitos para pacientes internados com quadro suspeito ou confirmados para a doença.
 
De acordo com a prefeitura, no Hospital Municipal de Contagem (HMC) foram abertos 28 novos leitos nos últimos dias. Na última sexta-feira (5/1), foram abertos 10 e no domingo (9/1), foram abertos mais 18. Nos próximos dias, 12 novos leitos serão abertos no HMC, totalizando 40.
 
A administração municipal também irá prorrogar o contrato com a Fundação Hospitalar São Francisco de Assis (FHSFA) para a gerência do antigo Hospital Santa Helena, que recebe pacientes internados com quadro suspeito ou confirmado para a doença. Os 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 40 leitos de enfermaria COVID serão mantidos, podendo ser ampliados, caso seja necessário.
 
Segundo a prefeitura, o objetivo dessas ações é a manutenção e a continuidade da qualidade da assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Contagem.
 
Conforme explica o secretário municipal de Saúde, Fabrício Simões, mesmo diante da diminuição de óbitos e internações em relação à COVID-19, verificada no fim do ano passado, o cenário epidemiológico, neste momento, apresenta uma tendência de aumento de novos casos, por conta da expansão da variante Ômicron.
 
“Precisamos de um tempo maior para entender como será o impacto no sistema de saúde diante do surgimento de novas variantes e aumento de casos de Influenza neste período. Estamos reforçando o enfrentamento da pandemia com medidas de contingenciamento”, afirmou.
 
Priscilla Santos Fazzio, assessora geral de enfermagem do Serviço Social Autônomo, destaca que os novos leitos abertos até o momento no Hospital Municipal são para clínica médica e para isolamento respiratório, em casos de COVID e outras doenças do trato respiratório.
 
O local recebe usuários e usuárias com necessidade de internação hospitalar, referendados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município.
 
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) seguirá monitorando o cenário epidemiológico e a dinâmica das internações para tratamento da COVID-19, para avaliação da necessidade de redução ou ampliação da capacidade total de leitos de UTI e enfermaria.
 
“Todos os pacientes com quadro respiratório suspeito de COVID, que necessitem de internação hospitalar, são elegíveis para encaminhamento a esses leitos, por isso, a importância de mantermos o contrato até que tenhamos um cenário mais seguro”, explicou a superintendente de Atenção Hospitalar, Karina Taranto.
 
A SMS ressalta que, neste momento, com a transmissão comunitária da Ômicron no município, completar a vacinação contra a COVID-19, com a segunda dose e a dose de reforço, é primordial para evitar casos graves da doença. As medidas de proteção como o distanciamento social, o uso de máscara e a higienização das mãos ainda são fundamentais para evitar a transmissão, tanto do coronavírus quanto do vírus da gripe.
 
 
Pandemia no município
 
Segundo o boletim mais recente, divulgado pela prefeitura na última quinta-feira (6/1), Contagem contabilizou 49.664 contaminações por COVID-19 e tem 1.993 óbitos confirmados desde o início da pandemia.
 
A taxa de ocupação de leitos de UTI COVID está em 20% e da enfermaria em 51%.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade