UAI
Publicidade

Estado de Minas AJUDA HUMANITÁRIA

Projeto de ocupação em Contagem arrecada doações para o Dia das Crianças

Criado há cinco anos, Geração GK já atendeu a mais de 800 crianças e pretende distribuir brinquedos, balas e pipoca ao público infantil em 12 de outubro


03/10/2021 19:18 - atualizado 03/10/2021 21:20

Iniciativa tem a colaboração de sete voluntários e participação de ONGs
Projeto Geração GK, criado há cinco anos, já atendeu 800 crianças em Minas Gerais (foto: Arquivo pessoal)

Nos dias atuais, a solidariedade se torna ainda mais fundamental para reduzir as desigualdades sociais e levar um pouco de alegria aos que mais precisam. Nesse sentido, uma iniciativa que surgiu em Contagem promete ajudar centenas de crianças em situação de vulnerabilidade social em 12 de outubro, no dia dedicado a elas.

 


Criado há cinco anos, o projeto Geração GK recolherá brinquedos, balas, pipoca, cachorro-quente e alimentos para distribuí-los ao público infantil de comunidades carentes da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte na semana que vem.

A ação que nasceu na Ocupação Guarani Kaiowá já atendeu cerca de 800 crianças dos bairros de Ressaca, Nova Contagem, Ipê Amarelo e Vila Praia. Em anos anteriores, as sete voluntárias que trabalham diretamente no projeto também atuaram em locais de vulnerabilidade social em Montes Claros, no Norte de Minas.

A iniciativa também conta com o apoio das ONGs Amor Que Cura e Mão Que Acolhe e com várias empresas particulares, que ajudam em tarefas específicas.

“O projeto surgiu numa conversa de amigos. Várias mulheres do nosso bairro foram mães muito cedo e discutíamos esses problemas, como gravidez na adolescência. Logo, surgiu a ideia de criarmos um projeto para ajudar essas mães mais necessitadas”, explica Naiara Rocha, uma das criadoras do Geração GK.

“A gente atua em várias comunidades com a expectativa de levar alegrias às crianças. Queremos mostrar que elas não estão sozinhas e fortalecê-las. Nós, que vivemos em vilas e favelas, sofremos mais. Também venho de família muito humilde e sei que tudo fica muito difícil. Por isso, precisamos acolher as crianças e levar muito amor a elas”, acrescenta.

Nesta semana, o grupo fará uma força-tarefa para recolher mais doações. A distribuição será feita no Bairro Vila Praia no Dia das Crianças, pela manhã.

 

A promessa é de que a iniciativa possa se expandir nos próximos meses. A intenção dos voluntários é que o projeto se torne maior e atinja outras necessidades de comunidades pobres de Contagem e da própria Região Metropolitana. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade