Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Vacina para quem tem 61 e 62 anos


20/04/2021 04:00

Aplicação de vacinas em drive-thru no Shopping Boulevard: Walter Felix, de 72, não dispensou a segunda dose, apesar de dizer que não teme a doença (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Aplicação de vacinas em drive-thru no Shopping Boulevard: Walter Felix, de 72, não dispensou a segunda dose, apesar de dizer que não teme a doença (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Vacinação contra a COVID-19 avança em Belo Horizonte com a inclusão de novos grupos nesta semana, informou ontem a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Na lista, idosos de 61 e 62 anos, além de profissionais de saúde de 40. No caso deste último grupo, os imunizantes estarão disponíveis a partir de sábado. Hoje e amanhã, podem já se vacinar moradores de 62 anos completos até 30 de abril. Na quinta e na sexta, será a vez do público de 61 anos, também completos até o último dia deste mês.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que as vacinas para o público contemplado nesta fase estão garantidas, não sendo necessário chegar aos locais antes do horário inicial.

Para se imunizar é necessário levar documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Todos devem estar de máscara e respeitar o distanciamento nas unidades. O ideal é que o idoso leve, no máximo, um acompanhante para evitar aglomerações.

No sábado, poderão se vacinar trabalhadores da saúde de 40 anos cadastrados no portal da Prefeitura até 23h59 do dia 13. Os pontos de vacinação para trabalhadores da saúde, previamente cadastrados no portal da Prefeitura, com 40 anos ou mais, serão divulgados no decorrer da semana.

SEGUNDA DOSE


Ontem idosos de 71 e 72 anos receberam a segunda dose da vacina contra a COVID-19  na capital. A etapa final da imunização para a faixa etária segue as recomendações do Ministério da Saúde e a aplicação deve ser feita com um intervalo de 14 a 28 dias para os imunizados com a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac.

As aplicações da segunda dose foram antecipadas como tentativa de agilizar a vacinação na capital. No sábado foi a vez dos idosos de 73 e 74 anos receberem a dose final do imunizante. A vacinação ocorre em mais de 150 centros de saúde, das 7h30 às 16h30, e nos postos drive-thru, das 8h às 16h30. A lista completa pode ser conferida no portal da PBH.

Walter Felix, de 72, foi um dos que receberam a segunda dose da CoronaVac no posto drive-thru do Shopping Boulevard e o quarto de sua família a ser vacinado contra o coronavírus. Seus três irmãos mais velhos, de 76, 74, 72 e uma irmã mais nova, de 69 anos, também já receberam o imunizante. O aposentado disse que reconhece a gravidade da doença causada pela COVID-19, mas nunca sentiu medo de ser contaminado. “É um alívio mais para outras pessoas do que para mim. Não me incomodo de pegar doenças. Não me preocupo com a morte”, sustentou Walter.

De acordo com a PBH, ao todo, até o momento, 460.875 moradores da cidade receberam a primeira dose e 138.451 a segunda dose dos imunizantes. Idosos compõem o grupo com maior número de aplicações:  353.762 de primeira e 69.952 de segunda dose.





receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade