Publicidade

Estado de Minas ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Homem é preso após abusar violentamente de garota de 13 anos em Contagem

Em função da violência do ato, adolescente precisou realizar uma cirurgia de reparação na região genital; acusado nega, dizendo que relação foi 'consensual'


14/01/2021 12:10 - atualizado 14/01/2021 12:45

Polícia Civil de Minas Gerais prende homem que violentou garota de 13 anos(foto: PCMG/Divulgação)
Polícia Civil de Minas Gerais prende homem que violentou garota de 13 anos (foto: PCMG/Divulgação)
Um homem de 19 anos acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos na casa dele, no Bairro Parque de São João. em Contagem, foi preso pela Polícia Civil de Minas Gerais na tarde desta quarta-feira (13/01). Diante da violência usada pelo homem durante o ato, a garota precisou fazer uma cirurgia na região genital, .
 
O crime aconteceu no dia 24 de novembro de 2020 e, segundo a delegada Laíse Aparecida Rodrigues, da delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, a adolescente mora no mesmo bairro que homem, mas eles não eram amigos.

De acordo com o relato da delegada, a jovem e outros três amigos foram atraídos para a casa do investigado, que tinha cachorros da raça Pitbull. Ao chegarem no local, o dono da casa soltou os animais para espantar os amigos da menor e forçá-la a entrar em sua casa. 
 
Segundo a investigação, a menina foi forçada a manter práticas sexuais violentas com o homem. Ele nega a acusação e diz que tudo aconteceu de forma consensual, entretanto a vítima passou por todos os procedimentos de análise e e ficou configurado como estupro de vulnerável.
 
Em declaração, a menor disse que estava com muito medo do homem e não conseguiu sair da casa. Só conseguiu fugir de madrugada, sendo encontrada, desorientada, por uma de suas irmãs, numa praça do bairro.
 
Durante a coletiva, a delegada Laíse afirmou que a garota de 13 anos teve lesões na genitália, certamente provocada pela força usada na prática, o que só reforça que foi um ato foçado. Após a constatação de lesão, a adolescente passou por uma cirurgia de reparação genital. 
 
O investigado já tem passagem pela polícia por estar envolvido no assassinato de um policial em 2018, quando ele tinha 17 anos. Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, ele teria guardado a arma usada no crime e responde pelo procedimento infracional. 
 
Com a prisão preventiva do homem, a investigação continuará e as outras pessoas que estiveram na casa serão ouvidas. Além de outros detalhes para esclarecer como aconteceu o crime. 
 

*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade