Publicidade

Estado de Minas BEBIDAS ALCOÓLICAS

COVID-19: Contagem não vai ter lei seca

Prefeitura não segue Plano Minas Consciente e mantém em vigor decreto emitido no final de outubro


04/12/2020 17:38 - atualizado 04/12/2020 18:05

Contagem possui mais de 70% dos leitos clínicos e de UTI exclusivos para COVID-19 ocupados(foto: Wikipedia/Divulgação)
Contagem possui mais de 70% dos leitos clínicos e de UTI exclusivos para COVID-19 ocupados (foto: Wikipedia/Divulgação)
Em Contagem não vai ter lei seca, como em Belo Horizonte. Apesar de a Região Metropolitana ter entrado na onda amarela, a cidade não segue o Plano Minas Consciente, embora crie normativas similares às do governo do estado. O município continua em vigência com o decreto 1.870, de 23 de outubro. 

Com relação aos bares, restaurantes e lanchonetes, é permitida a comercialização de qualquer tipo de comida e bebida, incluindo as alcoólicas. As regras se aplicam em relação ao distanciamento das pessoas e funcionários dos estabelecimentos, higienização dos locais e proíbe apenas que a manipulação de alimentos pelos clientes, no sistema self service.

O decreto versa sobre bebidas apenas na questão de que elas só podem ser servidas em copos de plástico. Ele não permitiu a reabertura de casas de shows, boates, danceterias e salões de dança, assim como eventos públicos de qualquer natureza que juntem mais de dez pessoas. 

Esses eventos, além de impedir a aglomeração, também evitam a venda de bebidas alcoólicas aos presentes. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade possui 71% dos leitos de UTI próprios para COVID-19 ocupados e, 77% dos leitos clínicos com pacientes infectados com coronavírus. De acordo com o último boletim epidemiológico municipal, emitido nesta quinta-feira (3/12), a cidade possuía 11.505 casos confirmados da doença, com 464 óbitos em decorrência da COVID-19.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade