Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Militares se ferem em acidente durante perseguição a motociclista inabilitado em Poços

Viatura fazia patrulhamento e policiais tentaram abordar moto que desrespeitou a ordem de parada; piloto também teve ferimentos


17/11/2020 11:39 - atualizado 17/11/2020 11:57

Viatura se envolveu em acidente durante perseguição policial(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Viatura se envolveu em acidente durante perseguição policial (foto: Divulgação/Polícia Militar)
Dois policiais militares ficaram feridos em um acidente na noite desta segunda-feira (17) em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Eles estavam em uma viatura e tentaram abordar uma moto. O piloto desobedeceu a ordem de parada e houve perseguição. Os veículos se chocaram e a viatura atingiu uma árvore.

Segundo a Polícia Militar, a viatura fazia patrulhamento pelo Bairro Campo da Mogiana quando o piloto da moto teria desrespeitado a sinalização e avançado o sinal vermelho. Ele também fez manobras arriscadas pelas ruas e fugiu ao ser abordado pelos policiais.

 

 

 

A moto foi perseguida por vários quilômetros e outras duas equipes policiais tentaram impedir a fuga. O piloto também transitou pela contramão e tentou atropelar militares que davam suporte na operação.

Piloto não é habilitado e tentou fugir de abordagem policial(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Piloto não é habilitado e tentou fugir de abordagem policial (foto: Divulgação/Polícia Militar)
Depois de várias tentativas de cercar o suspeito, a viatura acabou atingida pela moto na lateral na altura do Bairro Boa Esperança. O veículo dos policiais só parou ao bater em uma árvore.  

Os dois militares foram socorridos pelo Samu e encaminhados à Santa Casa. Eles sofreram escoriações e fizeram alguns exames. Após a avaliação dos médicos, os policiais tiveram alta.  

O piloto, um jovem de 19 anos, sofreu múltiplas fraturas e está no Centro de Terapia Intensiva (CTI). A assessoria do hospital informou que ele não corre risco de morrer, mas deverá passar por uma cirurgia.

De acordo com a polícia, o suspeito não é habilitado para conduzir motos, mas não tinha antecedentes criminais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade