Publicidade

Estado de Minas Isolamento

Testagem rápida revela propagação da COVID-19 em São João del-Rei

Em apenas 24 horas, mutirão detectou 23 novos casos, enquanto nos sete dias anteriores à testagem foram contabilizados 39 novos registros


21/09/2020 15:33 - atualizado 21/09/2020 16:58

A equipe de epidemiologia reforça a importância de a população manter precauções básicas, como distanciamento social(foto: Divulgação/Vigilância Epidemiológica)
A equipe de epidemiologia reforça a importância de a população manter precauções básicas, como distanciamento social (foto: Divulgação/Vigilância Epidemiológica)
Em apenas um dia, São João del-Rei, na Zona da Mata, onde o número de novos casos confirmados de COVID-19 varia de cinco a 10 novos registros diários, viu a estatística dar um salto de 23 novas ocorrências, em 24 horas, de sábado (19) para domingo (20).

O aumento ocorreu por que o Setor de Vigilância Epidemiológica fez um mutirão e, no fim de semana, aplicou testes rápidos em funcionários e donos de pequenos comércios da cidade, entre eles mercados, bares e padarias. A título de comparação, nos sete dias antes da testagem, foram contabilizados 39 novos casos.

Segundo a chefe do Setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, Eliene Freitas, o objetivo da iniciativa foi entender mais sobre a dispersão do vírus em um único momento e, principalmente, embasar medidas de restrição à abertura de determinadas atividades econômicas hoje. “São João del-Rei poderia ter progredido para onda verde, porém permaneceu na amarela e o alto índice de pacientes assintomáticos está aí para mostrar como a situação é séria e o momento é de cuidado intenso”, salienta.

Muitos dos pacientes assintomáticos que testaram positivo trabalham em um bairro e moram em outro e já tinham compromissos sociais previstos para o fim de semana. “Esses foram colocados em quarentena domiciliar junto com a família. Não queremos tratar exames, mas pessoas. O portador do novo coronavírus pode passar pela doença sem sintomas, mas ele é transmissor, por isso, nosso intuito é também conscientizar a população de que o manejo correto dessas pessoas deve ser feito pelas equipes de saúde e não por conta própria”, diz.

Ela reforça a importância de a população manter precauções básicas como distanciamento social em situações nas quais é imprescindível sair de casa, o uso de máscara de proteção, a lavagem das mãos e os cuidados básicos de higiene. Em caso de sintomas, a pessoa deve procurar o posto de saúde mais próximo de casa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade