Publicidade

Estado de Minas NOVO PRODUTO

Engenheiro mineiro cria produto de limpeza que elimina novo coronavírus

A eficácia do biocida na prevenção à disseminação da COVID-19 foi comprovada pela UFMG e pela Anvisa


28/07/2020 13:40 - atualizado 28/07/2020 17:48

A aplicação do produto deve ser feita a cada três meses(foto: Divulgação/ Jorge Marques)
A aplicação do produto deve ser feita a cada três meses (foto: Divulgação/ Jorge Marques)
Com a pandemia da COVID-19, várias empresas e colaboradores estão testando possíveis alternativas para prevenir e combater a doença. Esse é o caso do engenheiro consultor Jorge Marques, de 59 anos, de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que desenvolveu um produto de limpeza que elimina o novo coronavírus (Sars-Cov-2) da superfície dos ambientes. 

Segundo ele, o produto que a Master Chemicals – empresa responsável pelo desenvolvimento e futura distribuição do produto – criou no ano passado foi aperfeiçoado em abril, em decorrência da pandemia do novo vírus.

A fórmula foi analisada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que certificou sua eficácia.  

“Fizemos umas formulações e contamos com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para fazer os ensaios. A faculdade fez o estudo comprobatório e nos deu o laudo da eficácia dele”, disse Jorge Marques. 

A UFMG atestou que o produto atinge o objetivo, com "atividade virucida superior a 99,99% quando o vírus SARS-CoV-2, agente etiológico da COVID-19, foi exposto ao agente pelo período de 5 minutos após procedimento de limpeza padronizado. As conclusões expostas aqui são baseadas em dados observados cientificamente".

Segundo Jorge, o reagente é diferente dos desinfetantes comuns e águas sanitárias por ser menos tóxico. “Ele tem um efeito residual interessante, visto que o líquido dele não evapora. Por ser base-água ele permanece na superfície”, explicou.

Baixo custo

 
Ainda de acordo com o idealizador do produto, ainda está sendo elaborada a maneira como será feita a comercialização, mas que ele “será colocado no mercado com baixo custo e como um serviço”.

Jorge Marques, engenheiro responsável pela criação do biocida(foto: Divulgação/ Jorge Marques)
Jorge Marques, engenheiro responsável pela criação do biocida (foto: Divulgação/ Jorge Marques)
O uso e a comercialização do biocida no combate ao novo coronavírus em ambientes com altos índices de contaminação foram autorizados, na semana passada, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

De acordo com Jorge Marques, o produto será aplicado a cada três meses. “Nós fazemos o teste antes da aplicação. Vamos até o local com um aparelho que detecta a presença de vírus e bactérias e realizamos a inspeção. Se o resultado apontar que ali está infectado, fazemos a descontaminação da área. Depois fazemos novamente outro teste para comprovar a eficácia da reação do produto”, explicou. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade