Publicidade

Estado de Minas INCLUSÃO

Coronavírus: guia na web fornece informações acessíveis a deficientes visuais

Portal orienta sobre sintomas, prevenção e dados em tempo real


postado em 31/03/2020 21:20 / atualizado em 31/03/2020 22:16

Portal 'guia pra todos verem' centraliza as informações mais importantes sobre o novo coronavírus(foto: João Pedro Novochadlo/Divulgação)
Portal 'guia pra todos verem' centraliza as informações mais importantes sobre o novo coronavírus (foto: João Pedro Novochadlo/Divulgação)
Em meio à pandemia de coronavírus e ao bombardeio diário de informações e atualizações sobre a doença, dois amigos de Curitiba desenvolveram uma plataforma para que pessoas cegas ou deficientes visuais possam se informar sobre o assunto. 

O portal “guia pra todos verem” centraliza as informações mais importantes sobre o novo coronavírus de maneira adaptada à população deficiente. A página orienta sobre sintomas, prevenção, dados em tempo real e esclarece dúvidas frequentes.

João Pedro Novochadlo, empreendedor social e um dos criadores da plataforma, explicou ao Estado de Minas que a ideia surgiu a partir da dificuldade que notou em encontrar portais acessíveis sobre a COVID-19 para os cegos. “Percebi que essas pessoas estão enfrentando dificuldade de se informar nesse período”, completa.

Ricardo Malta, professor de administração, já experimentou o guia e conta que a experiência foi positiva. “Como sou cego, realmente é muito acessível. Navegação simples, informações atualizadas e cuidados sobre o coronavírus”, detalha.

Ricardo explicou que conheceu o portal por meio da mãe de um ex-aluno que o enviou o link. “Efetuei o teste, para ter certeza da acessibilidade e depois compartilhei para grupos de amigos, alunos e ex-alunos”, contou.

João Pedro explica que o sistema de captação de informações conta com a ajuda de robôs que percorrem sites para manter o guia constantemente atualizado. Segundo o empreendedor, a página está no ar desde segunda-feira (31) 
 
 
 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Especial: Tudo sobre o coronavírus 

Coronavírus: o que fazer com roupas, acessórios e sapatos ao voltar para casa

Coronavírus é pandemia. Entenda a origem desta palavra


Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade