Publicidade

Estado de Minas SUSPENSÃO DE SERVIÇOS

Sistema em mudança e transtorno no Detran


postado em 18/02/2020 04:00

A suspensão dos serviços de vistoria, emplacamento e emissão de documentos de veículos, ontem, pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), gerou descontentamento nos motoristas de Belo Horizonte que foram até a sede do órgão, no Bairro Nova Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte. O departamento só avisou a população sobre a suspensão dos serviços envolvendo o novo padrão de Placas de identificação Veicular (PIV), no fim da tarde de domingo, horas antes da abertura do local, por meio de uma nota publicada em seu site

O Detran creditou a suspensão a um problema no sistema de informática do órgão. “O sistema de informática passa por uma adequação por meio da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge). O objetivo é otimizar o gerenciamento das informações da frota de veículos do estado, e nenhuma transação poderá ser feita durante o período de suspensão”, explicou em nota. A previsão é de que o sistema volte a funcionar ainda hoje, mas ontem ainda não havia certeza dos diretores do órgão sobre o retorno.

Os processos iniciados até o dia 13, com ficha de cadastro emitida, poderão ser protocolados na Divisão de Registro de Veículos (DRV), em Belo Horizonte, e nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretran), no interior. Além disso, as transferências de propriedade que venceram no dia 14 e ontem terão prazos prorrogados pelo mesmo período da atualização do sistema.

Na teoria, se não fosse o problema no sistema, a adoção do novo padrão de placas de identificação veicular (PIV) valeria desde ontem. O chamado modelo padrão Mercosul será obrigatória no primeiro emplacamento. Veículos com a placa antiga ainda podem circular pelas ruas. A transição para o novo padrão também será exigida quando houver transferência de estado ou município, além de mudança de categoria, perda, furto, roubo ou dano à placa antiga. A nova placa apresenta fundo branco com uma faixa azul na parte superior como padrão. O logotipo do Mercosul, a palavra Brasil e a bandeira do país também são novidades.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Rachel Botelho


Publicidade