Publicidade

Estado de Minas

Homem é acusado de apalpar nádegas de idosa em ônibus de BH

Suspeito disse que toma medicamento controlado e negou ter cometido o crime. Três testemunhas, no entanto, confirmam que ele importunou a vítima


postado em 25/12/2019 19:01

PM ouviu testemunhas e suspeito na rodoviária de BH(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
PM ouviu testemunhas e suspeito na rodoviária de BH (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

 

A Polícia Militar se deslocou ao Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip), em Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (25), depois que passageiros acionaram a corporação por conta de um caso de estupro ocorrido dentro de um ônibus.


Segundo três testemunhas, em depoimento à PM, uma idosa de 67 anos foi a vítima. Um homem de 33 passou as mãos nos cabelos, braços, pernas e nádegas dela, que gritou por socorro dentro do coletivo.


Ainda conforme o boletim de ocorrência, o suspeito embarcou em João Monlevade, Região Central do estado, mas só estuprou a idosa quando o ônibus já chegava em BH.


Após ela gritar por socorro, as testemunhas ligaram para a polícia. A corporação orientou que os solicitantes informassem o motorista do veículo sobre a questão, para que ele não permitisse a saída dos passageiros até a chegada da guarnição.

 

Ao chegar ao local, a PM ouviu as versões das testemunhas e do suspeito. Ele negou as acusações e disse que toma um remédio controlado. Por esse último motivo, o acusado também afirmou não se lembrar de muita coisa que ocorreu no ônibus.


Abalada, segundo a polícia, a vítima foi recebida por familiares na rodoviária e não quis conversar com os militares sobre o caso. Ela disse que só se manifestaria se fosse obrigada pela Justiça, conforme o boletim de ocorrência.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade