Publicidade

Estado de Minas

Mulher é baleada em Contagem

Jovem estava acompanhada da família quando carro deles foi interceptado por outro veículo e atingido por sete disparos. Entre os passageiros estava uma criança, que não se feriu


postado em 20/10/2019 19:33 / atualizado em 21/10/2019 12:48

Vítima pediu ajuda em uma base comunitária da PM(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Vítima pediu ajuda em uma base comunitária da PM (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)


A Polícia Militar (PM) faz os levantamentos para tentar identificar o autor de uma tentativa de homicídio em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Uma jovem de 22 anos foi baleada na cabeça. Ela estava em um carro com a família quando foi atingida. Eles pediram ajuda em uma base comunitária da corporação. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ressaca e depois precisou ser transferida ao Hospital Municipal de Contagem (HMC). Há suspeita de uma tentativa de assalto.

O crime ocorreu no início da noite de domingo. Segundo o boletim de ocorrência, a família estava saindo de um sítio no Bairro Chácaras Cotia quando o crime ocorreu. O motorista do carro era um homem de 32 anos. Entre os passageiros estavam duas irmãs dele, de 31 e 22 anos, a mãe deles, de 57 anos, e dois sobrinhos, sendo uma adolescente de 13 anos e um menino cuja idade não foi informada. 

Eles estavam a caminho do Bairro Milanês quando, ao passar pela Rua Nove, foi surpreendido por um Fox prata em alta velocidade se aproximando do veículo deles. Ao fazer a ultrapassagem, o carro tentou abordá-los, mas sem sucesso. Foi quando um dos ocupantes atirou contra o veículo da família. 

A mulher de 31 anos contou à polícia ter ouvido alguém gritar “perdeu, perdeu” dentro do outro veículo. O motorista fez uma manobra e entrou na Rua Oito. O carro do atirador seguiu sentido Bairro Cabral. Ao olhar para trás, o motorista viu que a irmã mais nova estava ferida e também notou sangue nas roupas do menino. Ele dirigiu até uma Base Comunitária da Polícia Militar (PM) e pediu socorro. 

Imediatamente as vítimas foram levadas à UPA Ressaca. Chegando lá, a equipe médica descobriu que a criança não havia sido atingida. O sangue era da jovem baleada. Ela foi levada ao HMC em estado gravíssimo. Lá, ela foi levada ao bloco cirúrgico. Ainda segundo a Polícia Militar, o motorista disse não ter reconhecido o atirador e nem o veículo dele. O carro da família foi atingido por sete disparos. Após a perícia, a ocorrência foi encaminhada à Primeira Delegacia de Polícia de Contagem. 


Publicidade