Publicidade

Estado de Minas CLIMA

BH ferve. E vai piorar


postado em 12/09/2019 04:00

Shorts voltaram às ruas no dia mais quente do inverno. Massa de ar seco deve elevar temperatura a 36°C amanhã na capital mineira(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Shorts voltaram às ruas no dia mais quente do inverno. Massa de ar seco deve elevar temperatura a 36°C amanhã na capital mineira (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


O calor não dá trégua. Belo Horizonte teve ontem o dia mais quente do inverno de 2019. À tarde, os termômetros marcaram 34,6°C em uma estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na Pampulha e 34,1°C na Região Centro-Sul. E as temperaturas continuam em alta. De acordo com o meteorologista Claudemir Azevedo, a expectativa é de que amanhã seja o dia mais quente do ano em BH, podendo alcançar os 36°C, um grau acima do recorde até o momento em todo o ano: 35°C, alcançados em 3 de fevereiro.

“O calor é provocado por forte massa de ar seco que passa por Minas Gerais desde segunda-feira e vai predominar até sexta-feira (amanhã)”, explicou o meteorologista. Segundo ele, a tendência é de recuo no sábado e domingo, em decorrência de “vento mais frio que vem do oceano e vai passar pelo litoral do país”. De acordo com o meteorologista do Inmet, é alta é normal nessa época. “Todo ano a gente tem esse ar mais quente no fim do inverno e princípio de primavera, fazendo com que as temperaturas se elevem”, disse.

Em Minas Gerais, o sol deve predominar forte em todas as regiões, favorecendo a queda dos índices de umidade relativa do ar, que devem variar entre 12% e 30% à tarde, especialmente, nas regiões Central, Sul, Oeste e Norte do estado. Contudo, o fluxo de umidade de origem oceânica favorece uma variação de nebulosidade na faixa Leste de Minas. O alerta de calor fica para a Região do Triângulo Mineiro, onde os termômetros chegaram aos 40°C, maior temperatura prevista para o estado.

A intensificação de uma massa de ar seco pode deixar o índice de umidade relativa do ar abaixo dos 30% em Belo Horizonte. De acordo com o Inmet, a umidade relativa do ar ficou em 19% na tarde de ontem. A Defesa Civil Municipal emitiu alerta de baixa umidade válido até as 18h de amanhã.
Sem previsão de chuva e com a temperatura elevada, os riscos a saúde aumentam e os mineiros devem ficar atentos. É importante hidratar-se durante o dia, comer alimentos leves e frescos, como saladas, frutas e carnes grelhadas, evitando frituras, dormir em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou uma bacia com água. Deve-se evitar atividades físicas ao ar livre ou exposição ao sol entre 10h e 17h, além banhos com água muito quente.

*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


Publicidade