Publicidade

Estado de Minas

Militar morre após ser baleado por policiais que faziam patrulhamento em Contagem

Cabo da polícia fugiu de abordagem da corporação, escapou de dois cercos da PM e bateu veículo contra uma placa de trânsito. Quando saiu do carro, o homem, que havia sido acertado por um tiro durante a fuga, foi socorrido, mas morreu no hospital na manhã deste domingo após passar por cirurgia


postado em 14/04/2019 12:42 / atualizado em 15/04/2019 11:45

Rua Três do Bairro Chácara Novo Horizonte, onde o cabo da PM bateu seu carro contra uma placa de trânsito(foto: Reprodução/Google Street View)
Rua Três do Bairro Chácara Novo Horizonte, onde o cabo da PM bateu seu carro contra uma placa de trânsito (foto: Reprodução/Google Street View)

 

Um cabo da Polícia Militar (PM) foi baleado na madrugada deste domingo, no Bairro Chácara Novo Horizonte, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a PM, o militar foi socorrido, mas morreu no início da manhã do mesmo dia após passar por procedimentos cirúrgicos.


De acordo com o major Flávio Santiago, porta-voz da corporação, a PM se deslocou até o bairro ao receber uma denúncia. O solicitante dizia que um homem batia na porta da sua casa com uma arma.


De imediato, segundo Santiago, militares se dirigiram ao local indicado. Contudo, ninguém foi encontrado, apenas um carro com o motor ainda quente. Momentos depois, um homem entrou no veículo, deu partida e ignorou as ordens de parada da polícia.


Como o suspeito jogou o carro contra os militares, a guarnição da PM fez dois cercos no bairro, segundo Santiago. O cabo morto ignorou os bloqueios e, novamente, jogou o veículo contra a corporação.


Ainda conforme o porta-voz, devido à fuga, os militares efetuaram disparos contra o suspeito. Ferido, o cabo bateu seu carro contra uma placa de trânsito. Só quando saiu do veículo, depois do acidente, que ele se identificou como policial.


A patrulha levou o homem até um hospital, mas ele morreu na unidade de saúde. Segundo a PM, os dados da vítima não serão divulgados.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade