Publicidade

Estado de Minas

Polícia faz buscas por assassinos de produtor rural em Porteirinha

Homem foi atingido por três tiros quando voltava para casa. Amiga da família disse que ele havia sido ameaçado


postado em 14/03/2019 09:24 / atualizado em 14/03/2019 12:00

O corpo de Diógenes Dantas será sepultado nesta quinta-feira(foto: Arquivo pessoal)
O corpo de Diógenes Dantas será sepultado nesta quinta-feira (foto: Arquivo pessoal)
A Policia Militar de Porteirinha, de 38,7 mil habitantes, no Norte de Minas, realiza  buscas na tentativa de identificar e prender os autores do assassinato do produtor rural Diógenes Barbosa Dantas, de 60 anos, ocorrido quarta-feira à noite. O crime, que chocou a população, ganhou características de execução. 

Segundo a Polícia Militar (PM), o homicídio aconteceu por volta das 21h, quando a vítima retornava de sua fazenda e passava por uma estrada de terra, na comunidade rural de Guarazinho, a quatro quilômetros da sede urbana do município. Diógenes Dantas estava sozinho, pilotando uma moto. Indivíduos (ainda não se sabe quantos eram) se aproximaram em outras duas motos e atiraram contra o produtor rural, que foi atingido com três tiros -  dois nas costas e um na cabeça. 

Logo em seguida, os autores fugiram sem ser identificados e sem deixar pistas. Conforme a Polícia Militar, a vítima estava com dois telefones celulares e R$ 184 em dinheiro no bolso, que não foram levados. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi enviada até o local, onde os socorristas constaram a morte do agricultor.

O corpo de Diógenes Dantas foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Janaúba. O enterro está marcado para as 18h desta quinta-feira, no Cemitério Municipal de Porteirinha. De acordo com uma fonte, amiga da família do produtor rural, ele teria recebido ameaças antes do homicídio, o que ainda não foi confirmado pela polícia. Diógenes pertencia à família conhecida em Porteirinha, onde o assassinato causou grande repercussão entre os moradores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade