Publicidade

Estado de Minas

Prefeitura de Contagem recusa aumento de 11% na passagem de ônibus

Proposta era passar tarifa do transporte metropolitano de R$4,05 para R$4,50


postado em 04/01/2019 16:47 / atualizado em 04/01/2019 17:25

(foto: Paulo Filgueiras/EM)
(foto: Paulo Filgueiras/EM)
A Prefeitura de Contagem recusou o aumento das passagens de ônibus em nova proposta apresentada nesta sexta-feira em reunião do Conselho Municipal de Transportes. Uma nova reunião foi marcada para a próxima segunda-feira, às 14h.

A reunião tratou do reajuste das passagens dos ônibus das linhas gerenciadas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon). Foi  apresentada a proposta de duas tarifas: R$ 4,50 para pagamento em dinheiro e R$ 4,35 para pagamento com o Cartão Ótimo. A prefeitura fez diversas exigências de melhorias, como wi-fi nos ônibus, aplicativos para acompanhar os horários e renovação da frota.

As empresas de transporte indicaram a possibilidade de renovação de no máximo 30% da frota de ônibus neste ano, ao contrário da solicitação da prefeitura, de renovação de 50% em 2019 e 50% no ano que vem.

“Enquanto as empresas não se comprometerem a melhorar significativamente a prestação dos serviços em Contagem, não aceitaremos nem um centavo de aumento”, afirmou Alex de Freitas.

Conflitos

No mês passado, o prefeito Alex de Freitas já havia vetado o pedido de reajuste de 17,17% feito pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano (Sintram), que elevaria o valor da tarifa de R$ 4,05 para R$ 4,75.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade