Publicidade

Estado de Minas

Capotagens de carros mobilizam polícia em três pontos de BH

Acidentes ocorreram nas avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado e na Praça do Cardoso, no Aglomerado da Serra


postado em 08/08/2018 09:14 / atualizado em 08/08/2018 12:53

Carro bateu em outro e capotou na Praça do Cardoso, no Aglomerado da Serra(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Carro bateu em outro e capotou na Praça do Cardoso, no Aglomerado da Serra (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

A manhã desta quarta-feira começou com acidentes em Belo Horizonte. Três carros capotaram em diferentes pontos da cidade. As vítimas sofreram ferimentos leves e pelo menos um dos motoristas tinha suspeita de embriaguez. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), pouco depois das 5h, um Camaro preto capotou na Avenida Cristiano Machado, perto do Shopping Estação BH, na Região de Venda Nova. O veículo foi parar no canteiro central. 

O motorista, de 36 anos, foi levado para o Hospital Risoleta Neves, próximo ao local do acidente. Conforme a PM, ele disse acreditar ter dormido ao volante e só se lembrava do momento em que saiu do carro após o acidente. Ele sofreu uma pancada na cabeça, corte do lado esquerdo do rosto e reclamava de dores no tórax. 

Duas mulheres estavam no carro. Uma jovem de 26 anos, que estava no banco da frente, nada sofreu. A outra vítima, de 29 anos, estava sentada atrás do motorista e também foi levada para o Risoleta Neves reclamando de dores de cabeça e outras partes do corpo. 

Um amigo do motorista esteve no local do acidente para recolher os pertences das vítimas. O carro ainda teria um quarto ocupante, que foi identificado apenas pelo primeiro nome, mas ele não foi encontrado no local do acidente e não atendeu às ligações da polícia.

Já na Avenida Antônio Carlos, por volta das 6h30, outro veículo capotou na Avenida Antônio Carlos, no Bairro Cachoeirinha, na Região Nordeste de Belo Horizonte. O motorista, de 36 anos, disse que seguia pela faixa da esquerda quando foi fechado por um veículo que estava à direita. Ao tentar evitar uma colisão, ele subiu na calçada, bateu no poste de um radar, que caiu, e capotou o veículo. Ele não conseguiu anotar a placa do outro carro. A vítima sofreu um pequeno sangramento na cabeça, mas dispensou atendimento médico. 

Na Praça do Cardoso, no Aglomerado da Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, um Honda HRV capotou após colidir com um Marea estacionado na via. Conforme a PM, quando uma viatura chegou ao local, o motorista estava tentando virar o carro. O homem de 36 anos tinha sinais de embriaguez, como fala desconexa, dificuldade de andar, olhos avermelhados e não conseguia explicar o acidente com precisão. 

Segundo a PM, ao revistá-lo, foram encontrados dois pinos de cocaína que ele disse que pretendia consumir posteriormente. O homem também assumiu ter bebido quatro latas de cerveja, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro. Com um corte na boca, ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul. Ainda segundo a polícia, o homem disse que teria perdido o controle da direção por conta de um remédio controlado, tarja preta, do qual ele faz uso. Todas as ocorrências foram encaminhadas ao Detran. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade