Publicidade

Estado de Minas

Mãe e filha vítimas de assalto em Papagaios são libertadas em Contagem; veja vídeo

As duas foram as últimas pessoas liberadas pelos assaltantes, que fizeram reféns em agência bancária de Papagaios, na região Central do estado


postado em 04/06/2018 14:42 / atualizado em 04/06/2018 17:57


O assalto a uma agência bancária que manteve pessoas reféns na manhã desta segunda-feira em Papagaios, na região Central do estado, terminou com final feliz. Últimas pessoas a serem liberadas pelos bandidos, mãe e filha de oito anos se encontraram com familiares em Contagem, na Grande BH.

 

De acordo com um funcionário do banco, o crime se iniciou às 16h de domingo, quando as duas e o pai, tesoureiro do banco Sicoob Credicoop, foram rendidos por quatro homens. Segundo a PM, ação tinha o objetivo de obrigar o profissional a entregar dinheiro do banco hoje.

 

Às 23h deste domingo, a mãe e a filha foram separadas do tesoureiro e ficaram desaparecidas. 


Nesta segunda-feira, pela manhã, os criminosos se encaminharam à agência bancária, onde todos os funcionários foram mantidos em cárcere numa sala. Eles roubaram uma quantia não divulgada no banco. 

 

Ver galeria . 5 Fotos Reprodução/WhatsApp
(foto: Reprodução/WhatsApp )
A ação, segundo o depoimento, continuaria em outros dois bancos próximos, nas cidades de Maravilhas e Pitangui, na região Central do estado. Entretanto, habitantes da cidade perceberam o movimento fora do comum na instituição bancária e acionaram a Polícia Militar.

Assim, as forças de segurança cercaram o local. Quando deixava a agência, um dos criminosos, Edson Cassiano, foi abordado pelos militares. Ele ainda tentou fugir pulando uma janela, mas não obteve êxito. 

 

O outro criminoso permaneceu dentro da agência de Papagaios, onde tirou a bomba do tesoureiro e a amarrou no responsável pelo caixa da agência. Posteriormente, todas as pessoas foram liberadas.

Ao mesmo tempo, a mãe e da filha envolvidas no ato continuavam desaparecidas. As duas foram liberadas momentos depois, na cidade de Contagem, na Região Metropolitana do estado. Elas retornaram a Papagaios pelo helicóptero Pegasus da PM. 

Além de policiais da região, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi encaminhada à cidade. Os outros três bandidos continuam foragidos.

 

Conforme a Polícia Civil, o caso será investigado pelo Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri).

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade