Publicidade

Estado de Minas

Deslizamentos deixam famílias desabrigadas em Contagem durante a chuva

A cidade registrou ao menos seis ocorrências. Entre elas, deslizamentos de terra que atingiram imóveis e muros, surgimento de erosões em ruas, desabamento, e alagamentos. Ninguém se feriu


postado em 09/03/2018 15:45 / atualizado em 09/03/2018 16:09

Barranco deslizou e atingiu casas no Bairro Estrela Dalva(foto: Defesa Civil de Contagem/Divulgação)
Barranco deslizou e atingiu casas no Bairro Estrela Dalva (foto: Defesa Civil de Contagem/Divulgação)

A chuva que atinge a Região Metropolitana de Belo Horizonte levou transtornos e prejuízos a moradores de Contagem nesta sexta-feira. De acordo com a Defesa Civil da cidade, foram registrados ao menos seis ocorrências durante as precipitações. Entre elas, deslizamentos de terra que atingiram imóveis e muros, surgimento de erosões em ruas, desabamento, e alagamentos. Três famílias foram desabrigadas. Não há registro de feridos.

Ver galeria . 16 Fotos Foram registrados deslizamentos de terra que atingiram imóveis e muros, erosões em ruas, desabamento, e alagamentosDefesa Civil de Contagem/Divulgação
Foram registrados deslizamentos de terra que atingiram imóveis e muros, erosões em ruas, desabamento, e alagamentos (foto: Defesa Civil de Contagem/Divulgação )


No Bairro Estrela Dalva, um barranco deslizou e atingiu casas na Rua Porto Seguro, esquina com Rua Marataizes. De acordo com a Defesa Civil, uma família ficou desabrigada. Os técnicos do órgão já encaminharam os moradores para a bolsa moradia e uma casa já está sendo providenciada para aluguel. Ainda não foi informado quantas residências foram atingidas.

No Morro dos Cabrito, houve o desmoronamento da escadaria localizada ao lado da Escola Estadual Professora Lídia Maria Magalhães. Segundo a Defesa Civil, a terra de sustentação cedeu e colocou em risco uma casa. Os moradores tiveram que deixar dois imóveis que ficam próximo ao local. Ninguém ficou ferido.

No Bairro Alvorada, o muro que divide dois imóveis desabou em cima da parte da área da central de gás. O local já isolado pelos técnicos e a empresa responsável está tomando as providências de correção. No Bairro Parque São João, o deslizamento de talude colocou em risco residências de parte da Rua Ápio Cardoso.

No Bairro Novo Riacho, uma grande erosão surgiu na Rua Monte Azul. Segundo a Defesa Civil, a avaria foi devido ao acúmulo de águas pluviais. O local foi isolado. A Defesa Civil informou que também monitora alagamentos em diferentes pontos da cidade.

Belo Horizonte

A capital mineira também registrou ocorrências durante o temporal que atingiu a cidade nesta sexta-feira. A Defesa Civil registrou 89 chamados. Os casos mais frequentes foram risco ou ameaça de escorregamento e deslizamento; trincas e infiltrações; desabamento parcial de muro de arrimo e escorregamentos ou deslizamentos.

No Bairro São Bento, na Região Centro-Sul, o muro de uma casa caiu na Rua Abel Araújo. Ninguém ficou ferido. O morador da casa foi notificado e deve apresentar um plano de ação para mitigação dos riscos, um laudo de estabilidade do restante do muro e providenciar remoção dos entulhos. A Avenida Professor Sylvio Vasconcelos está parcialmente interditada. Já a Rua Abel Araújo está totalmente fechada.

Ainda em BH, uma árvore caiu na Avenida Raja Gabaglia, sentido Centro/Bairro, e ocupou uma faixa e meia de circulação da via, gerando grande engarrafamento perto do Hospital Madre Tereza até as imediações da Avenida Álvares Cabral. Níveis de alguns córregos subiram e aumentou o alerta à população.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade