Publicidade

Estado de Minas

Homem é assassinado em Contagem e ex-mulher é suspeita do crime

Daniel Gonçalves estava em casa, após chegar de um bar, quando foi chamado no portão da casa e executado com cinco tiros


postado em 22/12/2017 10:08 / atualizado em 22/12/2017 11:33

A ex-mulher de Daniel de Freitas Gonçalves, de 34 anos, é suspeita de ser mandante da morte do homem que foi assassinado na madrugada desta quinta-feira com cinco tiros na porta de casa. Ele morava no Bairro Jardim Alvorada, em Contagem, na Grande GH. 
 
O boletim de ocorrência da Polícia Militar conta que Daniel estava em um bar, na mesma rua de casa, durante a madrugada. Quando já estava no imóvel, pessoas não identificadas bateram no portão da casa e gritaram pelo nome de Daniel. 
 
Ao atender o chamado, segundo a PM, o homem foi baleado com cinco tiros. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Bairro Ressaca. mas morreu no centro de saúde. 
 
A irmã da vítima contou aos policiais que a ex-mulher de Daniel havia ameaçado o homem de morte anteriormente, mas não deu detalhes do que teria desencadeado o conflito entre o casal. 
 
Nenhum suspeito de ter cometido o crime foi encontrado e o caso, agora, será investigado pela Polícia Civil.

(* sob supervisão do sub-editor Fred Bottrel)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade