Publicidade

Estado de Minas

Trio que assassinou homens na porta de boate em Contagem morre em tiroteio com PM

Criminosos também estariam envolvidos em outros dois homicídios na cidade. Motivação seria a disputa pelo tráfico de drogas


postado em 05/09/2017 09:15 / atualizado em 05/09/2017 11:05

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o trio se aproxima da dupla e dispara por diversas vezes contra os homens(foto: Reprodução/ Internet/ Youtube)
Câmeras de segurança flagraram o momento em que o trio se aproxima da dupla e dispara por diversas vezes contra os homens (foto: Reprodução/ Internet/ Youtube)

Três suspeitos de terem assassinado dois homens na porta de uma boate na semana passada em Contagem, na Grande BH, foram mortos por policiais durante a madrugada desta terça-feira em uma operação das Policias Militar e Civil. O trio também era suspeito de ser autor de outros dois homicídios também em Contagem. 

Segundo informações da Polícia Militar, levantamento de dados do departamento de homicídios da Polícia Civil e denúncias anônimas apontaram que Jean Galvão dos Santos, de 19 anos, Douglas Morais de Souza e Leonardo Pereira Dutra, ambos com 22, estavam se escondendo em uma casa do Bairro Linda Vista, em Contagem. 

O trio também era suspeito de comandar o tráfico de drogas na região usando o imóvel como ponto e de amedrontar moradores com armas de fogo.

Uma operação foi montada e desencadeada durante a noite dessa segunda-feira no imóvel que fica na Rua Visconde Sabóia. Segundo o boletim de ocorrência, ao chegar ao local, os policiais foram recebidos com tiros por um homem que fazia escolta do imóvel. A ação foi revidada por militares e o homem refugiou-se em um beco. 

Ainda segundo o B.O., os policiais perseguiram o vigia do ponto e foram surpreendidos com disparos vindo de outros dois homens. Durante a troca de tiros, policiais balearam os três homens, que morreram dentro da casa. 

As armas usadas pelos envolvidos foram apreendidas. Os miliares que atiraram contra o trio tiveram os revólveres recolhidos e prestaram depoimento. Segundo os PMs, a ação foi em legítima defesa, tendo em vista que as viaturas foram recebidas com disparos durante a operação. 

Além do duplo homicídio na porta de uma boate em Contagem, o trio é suspeito, de acordo com a Polícia Militar, de outros dois assassinatos nos dias 14 e 15 de agosto, nos Bairros Maracanã e Linda Vista, ambos em Contagem. 

A motivação dos crimes, segundo as investigações, é a disputa pelo tráfico de drogas. 

Mortes na saída de boate 



duplo homicídio, ocorrido na última terça-feira, 28 de agosto, foi registrado por câmeras de segurança. As imagens mostram o momento em que os homens atiraram diversas vezes contra a dupla que deixava uma boate.

Viaturas da Polícia Militar faziam patrulhamento na região da Rua Professora Neusa Rocha próximo à Avenida Gil Diniz, onde se depararam com dois corpos caídos no cruzamento das vias. Populares disseram aos policiais que três homens armados passaram pela avenida em um Gol preto e atiraram contra os homens. 

De acordo com as informações apuradas pelos policiais no local do crime, Osvaldo Alves da Fonseca Filho, de 23 anos, e Mateus Ferreira, de 16, estavam deixando a boate e indo para o local onde estavam estacionados dois carros. 
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade