Publicidade

Estado de Minas

Coronel detido após mobilizar Bope por três horas na Praça Sete paga fiança e é solto

Homem, de 54 anos, foi detido com uma espingarda e um revólver calibre 22 na madrugada desta segunda-feira


postado em 14/08/2017 18:53 / atualizado em 14/08/2017 19:12

Foi liberado da delegacia, na tarde desta segunda-feira, o coronel da reserva do Corpo de Bombeiros detido por porte de arma ilegal de fogo nessa madrugada na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte. O homem, de 54 anos, pagou uma fiança de R$ 25 mil para ser liberado. Ele mobilizou o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) por três horas antes de se entregar.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 2h25, o coronel chegou à Praça Sete e se posicionou ao lado do obelisco, conhecido popularmente como Pirulito, armado com uma espingarda e um revólver no bolso dianteiro da calça. O Bope foi acionado e isolou o quarteirão para realizar as negociações. A ação durou cerca de três horas até o coronel se render.

Após entregar as armas, o coronel foi conduzido ao Hospital da Polícia Militar (HPM). Em seguida, foi encaminhado para a delegacia, onde o delegado deu a voz de prisão. Apesar da complexidade da situação, em momento algum o coronel ameaçou os militares em serviço, segundo a Polícia Militar. Durante o registro da ocorrência, o homem exigia a presença de um deputado estadual, que seria seu amigo.

Foi estipulada fiança de R$ 25 mil. O valor foi pago pelo militar, que foi liberado da delegacia.

 

*Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade