Publicidade

Estado de Minas

Último fim de semana de férias reserva lista de atrações para as crianças em BH

Museus, praças e teatros oferecem ampla programação no fim de semana que antecede a volta às aulas. Na lista, exposição de cavalos, brincadeiras do tempo da vovó e atividades artísticas


postado em 28/07/2017 06:00 / atualizado em 28/07/2017 08:15

No Museu de Brinquedos, a criançada pode se esbaldar com atividades que vão da pintura ao teatro interativo(foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
No Museu de Brinquedos, a criançada pode se esbaldar com atividades que vão da pintura ao teatro interativo (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
Ambiente rural em plena cidade grande, cavernas prontas para serem exploradas no coração da capital, brincadeiras do tempo da vovó e muita, mas muita diversão. Museus, praças e teatros estão sendo ocupados por uma multidão interessada num único objetivo: aproveitar até mesmo quando o cansaço fala mais alto. Na reta final das férias escolares não faltam opções em Belo Horizonte para as crianças brincarem, passearem e até mesmo aprenderem. Se para elas a temporada é adrenalina total, para os pais haja fôlego e energia extra pra dar conta de acompanhar o ritmo da meninada.


Se a busca é por lazer para toda a família, o Parque da Gameleira, no bairro homônimo, na Região Oeste de BH, é uma boa opção. Até sábado, o mundo rural está mais próximo de belo-horizontinos e turistas na 36ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Além, de provas, campeonatos, 1,6 mil exemplares da raça mangalarga marchador e uma vila gastronômica repleta de delícias para todos os gostos, a criançada pode se divertir no espaço Kids, que funciona das 10h às 20h.

O local é perfeito para crianças de várias idades, que podem se jogar nos mais diversos brinquedos. De piscina de bolinhas para os pequeninos, passando por escorregadores infláveis até touro mecânico. Monitores separam os menores dos maiores, permitindo, assim, que todos brinquem onde quiserem. No espaço, foi montada uma minifazenda, com pôneis, bois, cabritos, coelhos e até lhamas. A meninada pode entrar, tocar nos bichos, tirar muitas fotos e aproveitar. Uma árvore falante é outra atração. Em horários pré-determinados, ela conta histórias de preservação da natureza e interage com as crianças. O ingresso dá direito a uma pulseira e corresponde à diária. Pais e filhos podem entrar e sair ao longo de todo o horário de funcionamento. Os adultos não pagam. “É muito bacana. Os meninos estão adorando. Podem andar a cavalo e brincar à vontade. Saindo daqui, é banho e cama”, disse a administradora de empresas Raquel Duarte, de 39 anos, mãe do pequeno Artur, de 1 ano e 8 meses e de Alice, de 4.

Na Circuito Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital, os museus montaram também uma programação especial para quem está de férias, além das exposições permanentes. Pelos corredores dos diferentes espaços, é possível ouvir uma mistura de sotaques de várias regiões do país. No Memorial Vale, hoje é o último dia das oficinas de férias, que atenderam crianças até 13 anos de idade e, na sessão derradeira, será dedicada aos pequenos. Plantando Vozes e Cultivando Gestos, com as educadoras Larissa Altemar e Neuma Rosa, é voltada para a faixa etária de 0 a 6 anos, e tem como proposta dar às crianças a oportunidade de perceber e repensar o espaço de um museu. O jardim do Memorial vai se transformar num lugar de plantar vozes e o espaço de leitura num canteiro de cultivar gestos de maneira lúdica e criativa.

As férias são um motivo a mais para aproveitar a visita com o Kit Trilha da Criança, disponível em todos os dias e horários de funcionamento do museu, e se tornar um verdadeiro explorador. Com um mapa, uma lanterna, uma lupa, um binóculo e um espelho, todas as crianças podem descobrir o Memorial de uma forma diferente. Os pais ou responsáveis podem entrar na brincadeira guiando a turminha com o mapa em mãos rumo a várias aventuras, como as histórias do escritor Guimarães Rosa, uma cidade antiga em miniatura, explorar o mundo das fazendas mineiras e descobrir as cavernas e seus segredos em meio à escuridão. As sacolinhas com o kit são emprestadas aos pequenos e devem ser devolvidas no fim da visita.

Com peças de todos os tempos, que permitem horas de exploração, a brinquedoteca encanta a meninada (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
Com peças de todos os tempos, que permitem horas de exploração, a brinquedoteca encanta a meninada (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
COLÔNIA Hoje é também o último dia da colônica de férias do Museu dos Brinquedos, no Bairro Funcionários, também na Região Centro-Sul. São quase cinco horas de atividades culturais e artísticas, onde as crianças permanecem sob os cuidados e atenção de uma equipe de pedagogos, artistas e educadores. Mas no museu a brincadeira não tem fim e os frequentadores podem optar pela visita tradicional – ele só não fica aberto à visitação no domingo. Na programação especial de férias, a atração fica por conta da atriz, contadora de histórias e brincante Adê Melo, que vai propor às crianças brincar de teatro a partir de um espetáculo interativo. A meninada vai ajudar a construir e representar uma história que, além de personagens, tem muita música, brincadeiras e improvisos. No ateliê de arte, os pequenos aprendem variadas técnicas de artes visuais.

As clássicas e imortais brincadeiras como o pega-pega, peão e bola de gude da colônia de férias do Museu dos Brinquedos divertem a pequena Antonella Petrecca, de 5 anos, e trazem lembranças nostálgicas ao pai da menina, Charles Petrecca, de 37 anos, que rememorou a boa juventude vivida no interior de Minas Gerai . “Antonella gostou tanto de lá que insistiu muito para voltar. E foi isso que fizemos, andamos de perna de pau, jogamos pega vareta em tamanho gigante, pintamos e brincamos de pique-esconde. Parecia que estávamos no interior”, disse Charles, que é natural de São Sebastião do Paraíso e há quatro anos trabalha como médico na metrópole mineira.

A dentista mineira Camila Hespanha, de 36 anos, saiu de São José dos Campos (SP) para passar as férias em BH com o filho Daniel, de 5. Ela visitou o museu na companhia da irmã Andréa Hespanha, de 34, e dos sobrinhos Joana e Filipe, ambos de 4 anos. “Preço bom, boas lembranças para os adultos, muita opção de brincadeiras para as crianças. Teve oficinas de pintura e um teatro bem divertido. Na parte da manhã, estava bem vazio, as crianças aproveitaram bastante. Quando voltamos à tarde já estava cheio, e um pouco mais confuso”, conta.

O fim de semana tem programação intensa também no festival Sociabilização, Arte e Cultura na Infância (Saci). Amanhã, é dia de ir para a Praça Floriano Peixoto, no Bairro Santa Efigênia, na Região Leste. Das 9h às 12h, ela será tomada por um show-cortejo num carnaval fora de época, comandado pela Orquestra Jovem Sesiminas e o bloquinho infantil Fera Neném. Até domingo, shows também no teatro Sesiminas: Beatles para crianças; Coisinha; Dinossauros e pelancas; e Pequeno cidadão.

PARA CURTIR


Confira programação para este fim de semana

 

» 36ª EXPOSIÇÃO NACIONAL DO CAVALO MANGALARGA MARCHADOR
Parque da Gameleira
(Avenida Amazonas, 6.020, Gameleira)
Até amanhã, das 8h às 22h.
Espaço Kids das 10h às 20h
Ingresso: R$ 20. Crianças até 12 anos não pagam (Bilheteria só aceita dinheiro)
Informações: (31) 3379-6100

» MEMORIAL VALE (Praça da Liberdade)
Ação educativa: Plantando vozes e cultivando gestos
Hoje, das 14h às 16h
Faixa etária: até 6 anos (acompanhado de um adulto)
Vagas limitadas. Inscrições pelo telefone
(31) 3343-7317.

» Kit trilha da criança
Em todos os dias e horários de funcionamento do Museu
Entrada gratuita

» MUSEU DOS BRINQUEDOS

(Avenida Afonso Pena, 2.564 – Funcionários)
Colônia de férias
Hoje, das 13h às 17h30.
Faixa etária: A partir dos 3 anos
Ingresso: R$ 65. Irmãos têm 10% de desconto
Visitação: Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados e feriados, das 10h às 17h.
Ingresso: R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia).

» FESTIVAL SACI
Orquestra Jovem Sesiminas & Cortejo com
Fera Neném
Amanhã, das 9h às 12h, na Praça Floriano Peixoto (Santa Efigênia)
Gratuito

Shows

» Teatro Sesiminas
(Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia)
Até domingo
Ingressos: entre R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) até R$ 35 (meia) e R$ 70 (inteira)
Informações: festivalsaci.com.br/2017

» MM Gerdau Museu das Minas e do Metal
Praça da Liberdade
Até amanhã
Contação de histórias, oficinas e brincadeiras. Gratuito

» Espaço do Conhecimento (Praça da Liberdade)
Até domingo
Ingresso: Gratuito para visita ao espaço.
R$ 6 e R$ 3 (meia).

» CCBB (Praça da Liberdade)
Até segunda-feira
Visitas mediadas à exposição O corpo é a casa (de manhã e à tarde); contação de histórias (fim de semana, às 14h e às 16h); oficinas e atividades para crianças, como encontros sobre educação financeira (fim de semana, em vários horários). Gratuito

» Museu de Ciências Naturais PUC Minas
(Av. Dom José Gaspar, 290, Coração Eucarístico)
Até amanhã
Atividades das 9h às 17h: exposições, pintura e confecção de réplicas, trilha na mata, escavação paleontológica, espeleologia e mágica.
Gratuito. Retirada de senha a partir das 9h e das 13h. Ingressos para o museu: R$ 10 e R$ 5 (crianças de 4 a 12 anos e maiores de 60)

» Museu Mineiro
(Avenida João Pinheiro, 342, Funcionários)
Amanhã, às 14h
Ateliê de Argila para todas as idades, desde que crianças menores de 13 anos estejam acompanhadas dos responsáveis.
Vagas limitadas: 10 pessoas (inscrição prévia)
Informações: www.museumineiro.mg.gov.br

» MINAS SHOPPING

(Avenida Cristiano Machado, 4.000 – União)
Até domingo
Mar de bolinhas (R$ 18 para 15 minutos), skates elétricos (15 minutos: R$ 20), oficina de skate (gratuito)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade