Publicidade

Estado de Minas

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em BH

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo, responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis


postado em 31/05/2016 10:10 / atualizado em 31/05/2016 10:17

A PBH vai distribuir materiais informativos, exibir vídeos educativos e medir o monóxido de carbono no ar expirado de fumantes(foto: Jorge Gontijo/EM/D.A Press )
A PBH vai distribuir materiais informativos, exibir vídeos educativos e medir o monóxido de carbono no ar expirado de fumantes (foto: Jorge Gontijo/EM/D.A Press )
O Dia Mundial sem Tabaco será lembrado hoje em BH através de ações realizadas no Hospital  das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no Bairro Santa Efigência. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo de tabaco já é considerado uma epidemia global, sendo o tabagismo a principal causa de morte evitável no mundo, responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis.

Na programação, que começou às 10h, a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte vai distribuir materiais informativos, exibir vídeos educativos e medir o monóxido de carbono no ar expirado de fumantes.

Atualmente, a rede SUS-BH oferece tratamento gratuito para quem quer parar de fumar por meio do Programa de Controle do Tabagismo. O atendimento é feito no centro de saúde de referência do usuário e o encaminhamento é feito pela Equipe de Saúde da Família (ESF).

O atendimento é feito em grupo com até 15 fumantes. Nos casos que demandam a abordagem intensiva, um médico realiza avaliação clínica e encaminha o paciente para o acompanhamento através de Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) em grupo ou individual.

Em 2015, cerca de 3 mil pessoas foram atendidas pelo programa. Atualmente, 103 centros de saúde oferecem o serviço. Os usuários interessados em participar do programa podem procurar informações na unidade de saúde mais próxima de sua casa. 


Publicidade