Publicidade

Estado de Minas

Padarias na guerra contra o Aedes Aegypti

PBH renova parceria com Sindicato e Associação da Indústria de Panificação para a produção e distribuição de embalagens com a campanha de combate ao mosquito


postado em 04/05/2016 16:33 / atualizado em 04/05/2016 22:40

Na guerra contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, vale tudo para conscientizar a população de que cada um tem que fazer a sua parte e não deixar água parada, onde o inseto se reproduz. Pelo quarto ano consecutivo, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) renovou a parceria com o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão) para a produção e distribuição de embalagens de pão com a campanha de combate ao mosquito impressa no verso. O Aedes aegypti é responsável por 16 mortes por dengue este ano na capital.

“O perigo aumentou muito. Não deixe água parada”. Com este slogan nas embalagens de pão a PBH orienta a população sobre as três doenças causadas pelo mosquito. “O objetivo é reforçar o alerta sobre a importância de prevenir a proliferação do Aedes aegypti. A ação é feita por meio da adesão das padarias, com o apoio da Casa Sol, que produz as embalagens com a campanha impressa no verso”, informou a PBH.

Já foram produzidas 400 mil embalagens. A expectativa é abranger aproximadamente 1,2 mil padarias de Belo Horizonte. Um dos alertas impressos nas embalagens é “manter os vasos de plantas livres dos pratos, jogar os descartáveis no lixo e os pneus em locais cobertos são ações capazes de reduzir os criadouros”. (RB)


Publicidade