Publicidade

Estado de Minas

Motorista joga van em cima de ciclista na orla da Lagoa da Pampulha; assista

O ciclista avistou o veículo parado no local destinado à passagem das bicicletas enquanto o condutor falava ao celular em frente à Igreja São Francisco. O motorista não gostou do questionamento do ciclista e avançou sobre ele


postado em 31/10/2014 12:35 / atualizado em 31/10/2014 18:21
http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2014/10/31/interna_gerais,585498/motorista-joga-van-em-cima-de-ciclista-na-orla-da-lagoa-da-pampulha-assista.shtml



O motorista de uma van, que estava estacionada em uma ciclovia na orla da Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte, jogou o veículo em cima de um ciclista que reclamou da infração de trânsito na manhã dessa quinta-feira. Quando o ciclista Thiago Henrique Muniz Silva, de 21 anos, começou a filmar a posição da van, que impedia a passagem da ciclovia, o motorista arrancou em cima da bicicleta, estragando toda a roda traseira. O prejuízo de cerca de R$ 300 ficou para Thiago, que divulgou as imagens no Facebook. “Que seja feita Justiça. O cara estava errado de todas as formas e foi quase uma tentativa de homicídio”, relata.

Diferentemente do que o em.com.br informou mais cedo, a van não pertence à Prefeitura do município de Nazareno mas à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. A Secretaria de Estado de Governo enviou uma nota às 18h desta sexta-feira, dizendo que o veículo estava a serviço da Unidade de Atendimento Integrado (UAI). O caso está sendo investigado pela 3ª Delegacia de Policia Civil Noroeste, que tomará as medidas cabíveis. A Coordenadoria das UAIs também  abrirá sindicância para apuração dos fatos, resguardando o direito de defesa do referido funcionário.

Thiago é ciclista há cerca de dois anos e deu uma volta na orla da lagoa antes da confusão. “Estava voltando para casa, quando encontrei ele parado na ciclovia”, relata. O trecho onde a van estava parada fica em frente à Igreja São Francisco e tem sinalização horizontal demarcando os espaços das bikes. Thiago seguia no sentido contrário ao fluxo de veículos quando avistou o veículo parado e o condutor falando ao celular.

Veja a sequência dos fatos relatados pelo ciclista (foto: Reprodução )
Veja a sequência dos fatos relatados pelo ciclista (foto: Reprodução )


O ciclista reclamou com o condutor que, segundo Thiago, fez um sinal ordenado que ele contornasse a van. “Ele estava parado no local errado e ainda faz isso? Comecei a gravar. Na hora que mostrei que era do governo, ele se estressou e arrancou o carro por cima. Ele arrancou duas vezes e depois veio de ré”, conta o ciclista. Depois do ocorrido, o condutor da van fugiu deixando a bicicleta destruída e um sentimento de revolta no rapaz.

O prejuízo de cerca de R$ 300 ficou para Thiago, que divulgou as imagens no Facebook.(foto: Thiago Henrique Muniz Silva)
O prejuízo de cerca de R$ 300 ficou para Thiago, que divulgou as imagens no Facebook. (foto: Thiago Henrique Muniz Silva)


“Tem dois anos que eu faço este trajeto e sempre questionei motoristas em lugar errado, em locais de preferência do ciclista. Há uma guerra entre ciclistas e motorista, e este fato de ontem reforça mais isto. Fiquei com receio de sair de bicicleta hoje, mas ainda vou defender a causa. Acredito que a bicicleta vai mudar o trânsito caótico a cada dia. Independente do que aconteceu, assim que a bike estiver pronta, vamos para rua”, relatou Thiago. O jovem diz que abandonou o transporte público para fazer o trajeto casa/trabalho de bicicleta. Ele mora no Bairro Vitória, Região Nordeste de BH.

Logo após a fuga do condutor da van, Thiago ligou para o 190 da Polícia Militar e encontrou uma viatura na orla. Ele registrou um boletim de ocorrência relatando o fato. “Eu estava calmo, não estava alterado como se vê no vídeo. Ele estava de carro e se teve a capacidade de fazer aquilo, qualquer alteração minha poderia gerar reação pior”. O ciclista agora está sem a bike, que demorou anos para equipar com o objetivo de usá-la como meio de transporte. Ele já a levou para o conserto e, por enquanto, amarga o prejuízo.

Motorista arrancou duas vezes e ainda deu ré para atingir o ciclista. A bike ficou estragada (foto: Thiago Henrique Muniz Silva)
Motorista arrancou duas vezes e ainda deu ré para atingir o ciclista. A bike ficou estragada (foto: Thiago Henrique Muniz Silva)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade