Publicidade

Estado de Minas

Emoção marca reencontro de duas irmãs separadas por quase 30 anos

Maria Macedo Teixeira, de 57 anos, procurou a Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD) em 2012 depois de perder contato com Ildeir Alves de Macedo, 54


11/07/2014 17:24 - atualizado 11/07/2014 18:51

O reencontro entre as irmãs foi marcado por muita emoção(foto: Polícia Civil/Divulgação)
O reencontro entre as irmãs foi marcado por muita emoção (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Muita emoção e a promessa de não se separar mais. Foi assim que terminou o reencontro de duas irmãs que não se viam há quase 30 anos. Maria Macedo Teixeira, de 57 anos, procurou a Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD) em 2012 depois de perder contato com Ildeir Alves de Macedo, 54. Depois das investigações, ela foi encontrada em Pirapora, na Região Norte de Minas Gerais. As duas voltaram a ficar frente à frente na tarde desta sexta-feira.

Maria foi até uma delegacia em 2012 e fez um boletim de ocorrência sobre o sumiço da mulher. “A Ildeir saiu de casa e falou que iria morar em Pirapora. Porém, não fez mais contato depois do dia”, explica o investigador Thiago Del Maestro. Um equipe da Divisão de Pessoas Desaparecidas começou a apurar o caso.

Irmãs não se via há quase 30 anos(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Irmãs não se via há quase 30 anos (foto: Polícia Civil/Divulgação)
Durante as investigações, conseguiram pistas do paradeiro da mulher. “Fizemos um trabalho de pesquisas em cartórios e sistemas de informações. Conseguimos localizar um endereço e passamos para a Delegacia Regional de Pirapora. Os policiais conseguiram chegar até a Ildeir”, comenta Del Maestro.

O reencontro foi feito na tarde desta sexta-feira na sede da DRPD, localizado na Avenida Brasil, no Bairro Santa Efigênia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. A ansiedade tomou conta de Maria Macedo, que aguardava ansiosamente pela irmã, depois de 30 anos. Para piorar a situação, um pequeno atraso aumentou o sentimento. Quando Ildeir apareceu, lágrimas e sorrisos tomaram conta dos dois rostos.

Durante um longo abraço, a promessa de não se separar mais. “Não quero mais me separar. Isso nunca poderia ter acontecido”, disse Maria. Depois do reencontro, Ildeir foi para a casa da irmã, onde deve permanecer, pelo menos, até este sábado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade