Publicidade

Estado de Minas

Casal ora nos momentos difíceis


postado em 17/02/2013 00:12 / atualizado em 17/02/2013 08:30

Atualmente, Wanderley e Sabrina levam uma vida normal de casados. Gostam de receber em casa os amigos da igreja do Belvedere. Também curtem viajar. Em todos os lugares que já conheceram juntos, visitaram igrejas, desde a matriz de Fortaleza (CE) à capela de Capitólio, no balneário de Escarpas do Lago, no Sudoeste de Minas, até a Catedral de Notre-Dame, em Paris, na França. “Nos momentos mais difíceis da nossa vida, a gente para e reza”, confessa o advogado. No livro, ele publica a oração do casal: “Deus Pai todo-poderoso, fonte fecunda de amor, felicidades e virtudes, nós te rendemos todas as graças do mundo, e reconhecemos que, sem Ti, nada somos. Ajuda-nos a trabalhar sempre em Teu benefício e enriquece nossas vidas com o Teu amor e o Teu perdão”.

O casal quer ter filhos, mas deixa o processo correr naturalmente. “Sabrina hoje tem uma estrutura de mulher casada, mas com valores arraigados dos sete anos em que viveu reclusa. São valores que não se perderam e acho maravilhoso. Quero preservar isso”, afirma o marido, que considera a mulher ainda mais bonita sem o hábito de freira, quando se arruma e passa maquiagem. Ele acata a decisão de Sabrina de se negar a dar entrevistas e de não participar da divulgação do livro. “Vou estar lá no dia do lançamento apenas para acompanhar o meu marido. Respeito o querer dele, mas ele já sabe que não falo sobre esse assunto”, diz a ex-freira sem alongar a conversa.

Ela recebeu a equipe de reportagem do Estado de Minas educadamente, ofereceu água e se preocupou com o motorista, que insistia em permanecer do lado de fora da casa, dentro do carro. Em um fim de noite quente, Sabrina usava short jeans e camiseta branca, e se recolheu rapidamente para o segundo andar da casa, longe dos olhos das visitas. Segundo Wanderley, estava lendo a Bíblia, que continua sendo o seu livro de cabeceira.

SERVIÇO

O advogado e a freira - Editora Livre Expressão
Lançamento: 14 de março, 20h. R$ 28
Paróquia Nossa Senhora Rainha
Rua Modesto Carvalho Araújo, 227, Bairro Belvedere

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade