Publicidade

Estado de Minas

Polícia investiga envolvimento de quadrilha em série de assaltos na Zona Sul


postado em 18/11/2012 07:10

A prisão em flagrante de um grupo de quatro suspeitos de assaltar duas mansões nos bairros São Bento e Belvedere, na noite de sexta-feira, trouxe relativa tranquilidade à Região Sul de Belo Horizonte. A Polícia Civil ainda vai investigar, porém, se os presos estão envolvidos na série de roubos a residências registrados este ano na região, entre eles o que terminou com a morte da atriz Cecília Bizzoto, em 7 de outubro, no Bairro Santa Lúcia. Na mesma noite em que o grupo foi detido na Zonal Sul, quatros homens armados, vestidos com o uniforme dos Correios, invadiram a casa de um desembargador aposentado no Bairro Paraíso, Leste de BH.

Segundo o tenente-coronel Luiz José Francisco Filho, do 22º Batalhão de Polícia Militar, só após a divulgação das fotos dos presos, se houver reconhecimento por parte de outras vítimas, será possível associar os suspeitos a outros episódios.

O primeiro assalto da noite de sexta-feira ocorreu na Rua Engenheiro Emílio Jacques de Morais, no Belvedere. O neto da dona da casa estava chegando quando foi abordado pelos bandidos. Eles conseguiram entrar, às 20h50, e fugiram levando dinheiro, notebook, celular e relógios.

Cerca de 20 minutos depois, denúncia levou a polícia à Rua Desembargado de Melo Júnior, no Bairro São Bento. Dois homens (David Vais de Ramos e Maycon Júnior Souza Vieira, este com mandado de prisão em aberto), e duas mulheres (Tatiana Eliana Oliveira Carvalho e Lucimar Fonseca da Silva, a última também com mandado de prisão em aberto) foram detidos.

Na 1ª Delegacia de Polícia Civil, os participantes da quadrilha foram reconhecidos pela vítima do Belvedere. Com o grupo, foi apreendido um veículo Nissan Tiida, que não tem registro de furto, mas está com documentação irregular desde 2010.


Publicidade