Publicidade

Estado de Minas

Bebê morto por infecção urinária pode ter sido estuprado na capital

Menina de 11 meses ficou internada no Hospital Odilon Behrens e após sua morte foi constatado que ela estava com o ânus dilacerado


postado em 21/09/2012 22:42

Será enterrado neste sábado, no Cemitério da Paz, Região Noroeste de Belo Horizonte, o corpo da pequena Bruna de Souza Gomes, de apenas 11 meses. A causa da morte seria uma infecção urinária não tratada, mas laudo de necropsia levantou suspeita de que ela tenha sido vítima de abuso sexual.

De acordo com a polícia, o bebê estava internado no Hospital Odilon Behrens, onde morreu. Ele deu entrada na unidade com uma grave infecção urinária que demorou a ser tratada. O corpo foi levado para o Instituto Médico-Legal, onde foi constatado que havia dilaceração anal.

O caso será investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. O velório acontece na noite desta sexta-feira na casa da família, no Bairro Jardim Alvorada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade