Publicidade

Estado de Minas

MP pede interdição do Ceresp de Ipatinga


postado em 20/07/2011 15:24

O Ministério Público Estadual propôs uma ação civil pública, com pedido liminar, pedindo a interdição do Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) de Ipatinga, no Vale do Aço De acordo com o MP, os motivos da medida são as irregularidades encontradas na unidade prisional durante uma vistoria de rotina.

Na ação, o órgão diz que os principais problemas são a superlotação e a instalação elétrica defeituosa.

O presídio abriga atualmente 500 presos, sendo que a capacidade é para 140. Em 15 de junho de 2011, 55 detentos foram transferidos para outras unidades do estado.

Com a ação, o Ministério Público quer impedir que a direção do Ceresp de Ipatinga receba mais presos. O MP sugere também a transferência dos detentos excedentes, especialmente as mulheres, para uma prisão própria em 120 dias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade