Publicidade

Estado de Minas

Homem mata a ex e atira contra a própria cabeça em Perdões, no Sul de Minas


postado em 03/05/2011 20:37

Supostamente inconformado com o término do relacionamento amoroso, um homem matou a ex-companheira e, em seguida, atirou contra a própria cabeça ma tarde desta terça-feira em Perdões, no Sul de Minas. Antes de cometer o crime, ele ligou para a irmã, pedindo a ela que chamasse a polícia.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu no apartamento onde o casal já teria morado junto. Fernando Aparecido Rodrigues, de 22 anos, e Juliane Carvalho, de 23, estavam separados e, segundo a família da jovem informou aos militares, se desentendiam com frequência.

Por volta de 13h30, a irmã de Fernando ligou para o 190 informando que ele havia lhe telefonado, pedindo-lhe que fosse até o apartamento do casal acompanhado pela polícia. Ela relatou ao atendente que, antes do irmão encerrar a ligação, ouviu o choro de uma mulher.

Quando os policiais chegaram no local, encontraram a porta trancada. Usando uma escada, eles invadiram o apartamento pela janela. No chão, próximo ao banheiro, encontraram Juliane ensanguentada e já sem sinais vitais. Sentado no sofá estava Fernando. Segundo o relato dos policiais, ele tinha intenso sangramento na cabeça, ainda respirava e se contorcia.

Fernando foi levado pelos policiais para o Pronto Atendimento em Perdões, de onde foi transferido para um hospital em Lavras. Os médicos afirmaram à PM que ele atirou contra o ouvido direito, tendo a bala ficado alojada em seu cérebro.

No apartamento, a polícia recolheu a arma usada por Fernando, um revólver calibre 32, e dois estojos com cartuchos do mesmo calibre. O corpo de Juliane foi entregue aos cuidados do serviço funerário.

Ainda segundo a PM, até o começo desta noite o estado de saúde de Fernando era gravíssimo e havia a possibilidade dele ser transferido para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.


Publicidade