Publicidade

Estado de Minas

Votação será pela internet


postado em 04/11/2008 07:27 / atualizado em 08/01/2010 04:06

Está nas mãos da população o futuro do Mercado Distrital de Santa Tereza. É por meio do voto, via internet, que o belo-horizontino fará valer a sua vontade. Essa forma democrática de escolha é, para o presidente da Comissão Julgadora do Concurso do Projeto de Atividades do Mercado de Santa Tereza, Lessandro Lessa Rodrigues, reflexo do bem-sucedido Orçamento Participativo Digital, em que a população, também via internet, escolheu as obras a serem executadas pela prefeitura. “Por isso, repetimos a forma de votação, já que a primeira experiência foi fantástica. Mas há um diferencial: para votar, além de o eleitor informar o número eleitoral, informará a zona em que vota. É uma segurança maior no processo”, diz. Apenas um voto será computado por pessoa.

Segundo ele, ainda não há estimativas de quantas pessoas devem votar para essa eleição, mas a expectativa é de que haja uma mobilização da população. “Não é uma escolha para Santa Tereza, mas para toda a cidade”, diz, e acrescenta que essa forma participativa faz parte da cultura de BH. Ele conta que, como presidente da comissão julgadora, os projetos que foram habilitados para a disputa obedecem aos seguintes requisitos: alta sustentabilidade garantida e propostas condizentes com a cultura de Santa Tereza. “Agora está nas mãos do eleitorado”, avisa.

A princípio, seria no dia 12 de dezembro, data em que se comemora o aniversário de Belo Horizonte, a apresentação do ganhador. “No entanto, não justifica sabermos o resultado no dia 5 e esperarmos uma semana para divulgarmos. A população saberá, assim que forem contados os votos, qual a atividade comandará o mercado”, explica Lessandro.

Para conhecer detalhes das três propostas, a comunidade tem duas possibilidades. No próprio site, é possível fazer a consulta das características e definir o melhor projeto. A prefeitura também organizou duas exposições com fotos, prospectos e detalhes dos projetos na galeria de vidro do Teatro Marília, na Avenida Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia, e no Clube Oásis, na Rua Salinas, 1993, Santa Tereza. Os projetos estão expostos até o encerramento da escolha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade