UAI
Publicidade

Estado de Minas Nova marca

Encontro das águas

Primeira coleção da La Vís aposta na Bahia e em peças que transitam entre o resort e o urbano


16/01/2022 04:00

Cada uma tem a tatuagem de uma asa impressa no corpo, acreditando que, juntas, podem voar e bem longe. Apesar dos cinco anos de diferença, as irmãs Luiza e Mariana Furtado Lavalle são tão ligadas que pautam a vida em torno de ideias e projetos semelhantes. Ambas se formaram em arquitetura, começaram a trabalhar no escritório do pai, engenheiro. Depois que ele se aposentou, se tornaram sócias na empresa junto com o irmão mais velho.

Elas adoram a profissão que escolheram e continuam atuando na área, mas a atração pela moda se transformou de um simples namoro a negócio: assim, a dupla resolveu abrir uma marca, a La Vís, em mais uma parceria. O novo empreendimento foi planejado com cuidado, do branding ao estilo, escolhendo a dedo profissionais que pudessem guiá-las em território até então pouco conhecido.
Conjunto estampado da coleção da La Vís
(foto: Fotos: alexandre furcoli)

O resultado da empreitada foi apresentado em dezembro, no evento Casa B, promovido por Tatiana Gontijo e Paula Geo Machado: uma coleção compacta e coerente, com proposta atemporal e cool, que flerta com as tendências da estação. A atmosfera resort pode ser sentida, de leve, mas sempre com uma pegada street, o que permite que as peças transitem livremente pelo verão.

Batizada Encontro das Águas, é uma homenagem à Bahia, suas características e seu modo de viver. O título enfoca o encontro de rio e mar, tomando como ponto de partida Caraíva. No catálogo/revista, um poema criado exclusivamente para a La Vís remete ao tema. “Ê la iê meu pai mandou me chamar, ê la iê pra rede no mar eu jogar, quando o sol raia cedinho, na encruzilhada do mar, o rio se achega chamando o mar para dançar”, diz um trecho.

O texto poético fala também da vila colorida que se estende à beira-mar, da caatinga em que o mandacaru é o rei e fruto de um sertão de esperanças, das cirandas e suas saias coloridas, do cacau e da graviola típicos das terras baianas...

Ana Melhado, responsável pelo marketing da empresa, escreve uma coluna em que dá dicas gastronômicas de Trancoso. Os cenários das locações são bem rústicos, incluindo carcaças de barcos, cercas de madeira, manguezais e cenas na praia. Os cliques são assinados pelo paulista Alexandre Furcolin e a modelo Samay França é genuína do local, foi escolhida em agência de Porto Seguro.

O que se percebe é um trabalho de moda iniciante sim, mas que já nasceu com um tom de maturidade. A coleção é muito voltada para o lado resort, os vestidos e calças são leves, a modelagem é ampla. “Escolhemos tecidos que fossem bem confortáveis, como a gaze 100% algodão, e a viscose também com essa característica, que são perfeitos para roupas de verão”, sinaliza Luiza.

Os bodies e hot pants em poliamida têm detalhes drapeados e se coordenam bem com as outras peças, facilitando a circulação praia/rua. Duas estampas se destacam – uma exibe o fruto do cacau e a outra é um camuflado com mix de cores alegres, mas suaves. A proposta é versátil: uma blusa de manga bufante se junta a um panneaux com uma boa amarração na cintura; o body fica bem com a pantalona com cós vazado; o quimono se junta à calça e bustiê em look total camuflado; as t-shirts curtinhas são uma opção descolada. “Uma roupa para mulher bem-informada”, garante a empresária.

Para completar, a La Vís realizou uma colab com a marca de acessórios Abi, que conheceram por ocasião da produção dos looks. “Nós criamos as bijuterias a partir do tema central, misturando conchas do mar, espelhos de Iemanjá, frutos do cacau, contas de coral. São colares, pulseiras, brincos, guias que podem ser usados como cintos ou colares, peças fortes e originais.”

Conjunto estampado
História 

Tanto Luiza quanto Mariana acreditaram que a arquitetura e a moda têm vários pontos em comum, entre eles a estética, e que uma coisa poderia ajudar a outra. “A princípio, pensamos em revender roupas de marcas que gostássemos, mas a Mariana foi a uma feira de atacado em São Paulo e voltou desanimada. O markup a ser aplicado tornava o produto muito caro e a gente desistiu da ideia.”

Esse movimento foi feito enquanto Luiza estava em um intercâmbio de estudo e trabalho na Espanha, em 2018. Quando regressou, em 2019, elas mudaram de direção para investir em uma marca que fosse diferente. “Tiramos a ideia do papel. Tivemos um ano para elaborar a concepção do que a gente queria, da identidade visual ao estilo, e tudo estava pronto para o lançamento em 2020, quando veio a pandemia. Mesmo assim, não desistimos, fomos em frente com a cara e a coragem e o resultado tem sido muito bom, estamos tendo uma resposta positiva”, explica.

A La Vís pode ser encontrada na Nanix, loja dentro da Pousada Estrela Dágua, em Trancoso, até o final de janeiro, e vende seus produtos por meio do e-commerce no site www.lavisoficial.com.br. A nova conquista é que a marca, agora, integra também o e-commerce do Shopping Cidade Jardim. “Temos ainda as malinhas, que enviamos para as clientes e interessadas em experimentar.” Como a intenção é manter vivo o DNA da marca, as duas irmãs estão de olho em lojas localizadas em hotéis e pousadas em praias brasileiras, que combinem com esse espírito. “Pretendemos também participar de mais eventos, como o da Casa B, para divulgar o nosso trabalho, e não descartamos a vontade de ter uma loja física, mas cada passo de uma vez”, frisa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade