Publicidade

Estado de Minas Arte final

Campanhas para o Dia dos Pais devem seguir a trilha da diversidade


18/07/2021 04:00

(foto: pixabay)
(foto: pixabay)

 
Com a aproximação do Dia dos Pais, comemorado este ano em 8 de agosto, o comércio já se prepara vislumbrando uma data bem mais animada que no ano passado. Como lojas não essenciais ficaram fechadas durante grande parte do pico da temporada de vendas de Natal, Dia das Mães, Páscoa e Dia dos Namorados este ano, com o avanço da vacinação e a vida retomando um curso cada vez mais normal um cenário mais positivo se desenha. Após o estresse nos últimos meses, com as famílias finalmente conseguindo se reunir novamente à medida que as restrições continuam a diminuir, o Dia dos Pais é aguardado com um significado ainda mais forte. Festejado no Brasil sempre no segundo domingo de agosto, a data voltará a ser uma celebração em família.

AQUECIMENTO Em 2020, o Dia dos Pais foi a data responsável por apresentar um alto desempenho no e-commerce brasileiro. O faturamento total chegou a R$ 3,5 bilhões, o que representou uma alta de 41% em relação a 2019. Nesse ano, que foi marcado pelo início da pandemia da Covid-19, as empresas investiram em diversas ações para atrair o consumidor. Agora, as expectativas são positivas para 2021. Em função do crescimento percentual no que diz respeito ao faturamento nessa data, o esperado é que o Dia dos Pais volte a ser responsável por aquecer o mercado brasileiro no segundo semestre deste ano. Por isso, os esforços para garantir as boas taxas de lucros precisam ser iniciados desde agora. Somente assim uma empresa estará preparada conquistar novos compradores e fidelizar clientes antigos.

MUDANÇA DE HÁBITO Na hora de planejar mídia e toda a comunicação, não se esqueça de que os hábitos dos consumidores mudaram.  A pandemia e o isolamento social afetaram a rotina dos brasileiros. Com o consumidor mais seguro para fazer suas compras pela internet, somado ao receio de ir fisicamente às lojas, o e-commerce segue ganhando destaque.
O comércio físico, entretanto, vive a expectativa diferente, de boas vendas no começo do segundo semestre. O otimismo dos empresários tem uma explicação: ninguém deixa a data passar em branco. Independentemente do valor do presente, os filhos não abrem mão de comprar uma lembrança carinhosa para os pais. Uma pesquisa realizada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCDLESP) aponta que os lojistas do estado esperam crescimento nas vendas de até 2%. O ticket médio do presente deve ficar em torno de R$ 150, que serve de base para outras capitais.

DIVERSIDADE O Dia dos Pais sempre teve a cara clássica da representação do pai heterossexual. Porém, este ano as campanhas também serão marcadas pela diversidade. É uma ótima oportunidade para a publicidade retratar pais de diferentes etnias, gordos, homossexuais, idosos, deficientes físicos... E sem falar nos pais "protagonistas do lar". Ou seja, aqueles que assumem o "lugar de mãe", como cuidando dos filhos e desenvolvendo o trabalho doméstico, até mesmo em lares com casal hétero. Afinal, vivemos hoje processo de mudança, impactando diretamente no papel do homem nas dinâmicas familiares.
Assim, o papel do pai na vida de uma criança ou de um adulto pode ser representado por outra pessoa que exerça essa função. Daí a necessidade de desenvolver campanhas que reúnam todas as pessoas que exercem o papel de pai dentro da nova família brasileira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade