Publicidade

Estado de Minas Arte final

Copa América x Eurocopa: vitória do SBT/Alterosa


18/07/2021 04:00

Messi levou o troféu da Copa América para casa, mas o título de campeão de audiência ficou com o SBT/Alterosa (foto: Conmebol TV/Divulgação )
Messi levou o troféu da Copa América para casa, mas o título de campeão de audiência ficou com o SBT/Alterosa (foto: Conmebol TV/Divulgação )

 
A Seleção Brasileira do craque Neymar & cia. decepcionou em campo na Copa América. O craque argentino Messi comandou a seleção de seu país ao título da Copa América, em pleno Maracanã, e quebrou jejum de 28 anos dos hermanos. Fora das quatro linhas, porém, a noite de sábado foi de goleada bem ao estilo brasileirinho. O SBT/Alterosa, a TV que tem a cara do povo brasileiro, alcançou uma marca histórica ao liderar a audiência nas principais praças do país. E no confronto da Copa América com a Europa, transmitida pela TV Globo no domingo, mesmo com prorrogação e pênaltis, o SBT manteve a dianteira. 
 
Durante a decisão no Maracanã, sábado, o SBT alcançou a liderança em nove praças do país, ao obter 20,9 pontos de média, 34% de share e 24,6 pontos de pico, a maior média de audiência de todo o campeonato. De acordo com o Kantar Ibope Media, além de São Paulo, o canal liderou em Brasília, Recife, Manaus, Fortaleza, Goiânia, Belém, Florianópolis, Salvador e no Painel Nacional de Televisão (PNT), que mede a audiência das 15 principais regiões metropolitanas do país. A concorrente Globo, na mesma faixa, ficou com 19,8 pontos de média com a exibição do “Jornal Nacional” e da novela “Império”. No confronto com a novela, das 21h32 às 22h52, o SBT venceu por 21,8 a 19,8. A Record, terceira colocada, registrou apenas 3,8 pontos de média.

RECORDE EM SAMPA Além disso, a emissora de Silvio Santos registrou a maior audiência em São Paulo nos últimos 20 anos. Considerando apenas os sábados, essa foi a maior marca desde 27 de outubro de 2001, na faixa horária, quando o SBT marcou 22,1 pontos. E no horário da final da Copa América, das 21h às 22h52, o SBT alcançou 2,4 milhões de residências e 3,1 milhões de pessoas na Grande São Paulo. A Globo levou a melhor somente em três praças das 13 analisadas pelo Kantar Ibope: Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. A Record ficou em terceiro em todos os cenários.

MÉDIA INSUPERÁVEL Mesmo com toda a história da Eurocopa e apesar de a finalíssima entre Inglaterra e Itália ter sido decidida nas penalidades, a média apresentada pelo SBT na noite anterior, na final da Copa América, foi superior. Como esperado, a final da Eurocopa fez a Globo assumir a liderança em audiência no domingo. Durante a partida, manteve média de 19 pontos e pico de 25,7 pontos durante as penalidades. Esse foi o melhor resultado obtido pela emissora em toda a Euro. Porém, no confronto direto entre as duas competições, a média de 20,3 pontos e picos de 23,9, apresentada pelo SBT na final da Copa América, superou todos os números registrados pela Globo durante o torneio europeu. 
 
A transmissão do SBT teve início às 20h10, com um pré-jogo comandado por Benjamin Back. O especial contou com participações de Bebeto e Adriano Imperador, o que deu embalo para a liderança. Em Minas Gerais, a partida teve transmissão da TV Alterosa. A narração foi de Téo José, com comentários de Mauro Beting e Edmilson e análise de arbitragem de Nadine Bastos. Os resultados, pela volta ainda recente do SBT ao futebol, são motivo de comemoração para a emissora. Agora, O SBT se prepara para a transmissão da Liga dos Campeões, a partir de 17 de agosto, com uma superprodução que também promete marcar época, além dos jogos decisivos da Copa Libertadores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade