Publicidade

Estado de Minas Arte final

Empatia será fundamental para sucesso das marcas


03/01/2021 04:00


Outra importante pesquisa foi elaborada pela rede Deloitte Global. O estudo “2021 Global Marketing Trends: Find your focus” foi criado a partir de duas frentes de pesquisa: uma com os consumidores, para entender as mudanças em seus hábitos de consumo, e a segunda, com mais de 400 executivos ao redor do mundo. Nesse caso, para entender suas estratégias e expectativas, a pesquisa aponta que quatro entre cinco pessoas poderiam citar uma marca que respondeu positivamente à pandemia. Para um quinto dos pesquisados esse tipo de atitude aumentou sua confiança na marca. Mais de 25% dos consumidores que notaram empresas pensado só em seu próprio favor deixaram de consumi-la. E 63% acreditam que vão consumir mais tecnologias digitais em 2021 do que faziam antes. Por fim, 58% se lembravam de pelo menos uma marca que rapidamente direcionou seus negócios para melhor atender às necessidades dos consumidores.  

Outro ponto importante para 2021: as empresas terão que acelerar a compreensão de como o ativismo impacta na força da marca; seu propósito e crenças serão ilustrados em suas escolhas de mídia, assim como em estratégias de desenvolvimento criativo, e uma importância ainda maior será colocada em entender o contexto de onde os anúncios aparecem e como eles são otimizados para funcionar em cada ambiente. Embasada nessa pesquisa, a Deloitte aponta sete tendências para o mercado em 2021.

PROPÓSITO 
Para a multinacional de pesquisa, o propósito leva as companhias a um conhecimento profundo sobre por que elas existem, quem são e no que tem de melhor para entregar à comunidade, independentemente do produto que vendem. Essas marcas são lembradas por 79% dos respondentes as enxergam como positivas por ajudar os consumidores, colaboradores ou comunidades.

AGILIDADE 
Foi fundamental em 2020 e será cada vez mais determinante no fator de escolha em 2021. A Deloitte indica esse momento como o ideal para investimentos em ferramentas digitais relevantes e promover um road map organizacional que torne o marketing ágil uma realidade. De acordo com o estudo, além de perceberem as marcas que se adaptaram rapidamente às suas necessidades, 66% dos respondentes também concordam que a pandemia aumentou seu apreço por tecnologias bem desenvolvidas.

EXPERIÊNCIA HUMANA 
Parece que estamos diante de um paradoxo. Ao mesmo tempo que o investimento em tecnologia se faz necessário, as marcas precisam se ver como entidades humanas, que espelham e suportam os valores daqueles aos quais ela deve servir – seus consumidores. As experiências virtuais diminuem o retorno já que a tecnologia não pode compensar completamente as interações interpessoais. Nesse sentido, a experiência humana será importante no próximo ano.

CONFIANÇA 
Conquistar o cliente para a vida, não apenas para uma venda. Por isso, é importante saber e valorizar o que é relevante para o consumidor. E para estabelecer um nível seguro de confiança, as marcas precisam cumprir o que prometem, entregar produtos ofertados e agir com ética praticamente a sempre empatia. Vale lembrar que um a cada quatro pesquisados deixaram de comprar de marcas que agiram em favor próprio nos últimos meses.

PARTICIPAÇÃO 
Na pesquisa realizada com os executivos, 64% afirmaram ter mudado a maneira como suas organizações se engajam com os consumidores para melhor responder à pandemia. A Deloitte aponta que a relação com os usuários pode rapidamente se tornar uma via de mão dupla, onde os clientes participam das marcas como embaixadores, influenciadores, colaboradores e, principalmente, inovadores.

PARCERIAS 
As organizações podem ajudar mais e melhor as pessoas a quem elas servem criando experiências inovadoras por meio de parcerias com a indústria.

TALENTO 
Para a Deloitte, o ano de 2021 também deve trazer mudanças quanto à maneira como as lideranças de marketing são encaradas. Na pesquisa, quando os executivos foram questionados sobre as áreas de funcionamento mais importantes de suas empresas nos últimos dois anos, marketing & vendas foi apontada como a segunda mais relevante, perdendo apenas para digital & tecnologia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade