Publicidade

Estado de Minas Arte inal

"Novo normal": FDC divulga portifólio com possíveis soluções


19/07/2020 04:00

A Fundação Dom Cabral divulgou novo portfólio com resultados do estudo realizado nos últimos dois meses. No período, foram ouvidos executivos de todos os setores produtivos e gestores públicos de várias partes do Brasil com objetivo de identificar como a FDC poderia contribuir para que organizações e lideranças possam superar os desafios do "novo normal". 
 
O portifólio apresenta 30 soluções educacionais, que podem ser feitas 100% online ou no modelo híbrido, dependendo dos protocolos de cada região do Brasil. "As empresas querem redesenhar suas estratégias, ressignificar seus espaços, utilizar o digital para crescer, aumentar produtividade com escassez de recursos, entender seu papel social, além de engajar e liderar seus times, considerando o distanciamento e suas consequências em seus mercados e negócios. As pessoas se sentem `infoxicadas´ e inseguras, porque já viram que as competências que possuem precisam ser ajustadas para este novo mundo", explica Aléxia Duffles, diretora de Marketing e Comunicação Corporativa da FDC.

CONTRIBUIÇÕES Não é a primeira vez que a FDC se mobiliza e coloca sua expertise para apoiar o Brasil em momentos desafiadores. No fim da década de 80, por exemplo, quando a indústria nacional encontrou os desafios da abertura econômica, a FDC cocriou o Centro de Tecnologia Empresarial (CTE) com empresas de grande porte que buscavam se capacitar para enfrentar a competição com as empresas e produtos internacionais. Alguns anos depois, em 1992, procurada por lideranças empresariais para estruturar a gestão e apoiar a interlocução com movimentos sindicais, a FDC criou o PAEX, que se consolidou ao longo do tempo e se constitui como a maior rede de parceria entre empresas de médio porte do Brasil. "Mais do que nunca é hora de colocar a expertise, o conhecimento, especialistas e professores da Fundação Dom Cabral junto dos executivos, executivas, gestores e gestoras públicas, que nos últimos 44 anos construíram essa escola e ajudaram a levar o nome do Brasil para o mundo.
 
Vamos, juntos, encontrar alternativas para superar este momento nos tornando melhores, mais fortes, criativos e resilientes para construir o ambiente de negócios que o nosso País precisa para evoluir e prosperar", analisa Antonio Batista da Silva Junior, presidente Executivo da FDC. Para ver o estudo completo, com as soluções propostas, acesse http://fdcagora.fdc.org.br/


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade