Publicidade

Estado de Minas ARTE FINAL

Diretor aponta facilidades oferecidas pela nova plataforma criada pelo SBT


postado em 14/06/2020 04:00 / atualizado em 11/06/2020 20:30

(foto: Gabriel Cardoso/SBT/Divulgação)
(foto: Gabriel Cardoso/SBT/Divulgação)
Os pequenos e médios anunciantes ganharão, muito em breve, uma nova plataforma digital para se “servir” em uma cesta de produtos mais acessíveis e desburocratizados. Trata-se da plataforma de autosserviços para compra de mídias do SBT/Alterosa. Desenvolvida com o objetivo de facilitar o acesso de agências, pequenos e médios anunciantes ao inventário do SBT, a nova ferramenta vai ofertar diferentes tipos de investimentos na TV ou nas mídias digitais do grupo. Os anunciantes poderão fazer consultas e avaliações de preços e comprar espaços publicitários para veicular suas campanhas em rede nacional e nas emissoras afiliadas – caso da TV Alterosa –, além de todas as plataformas digitais da emissora. 

Para saber mais detalhes da nova plataforma, a coluna Arte Final ouviu Fred Müller, diretor de negócios e marketing do SBT. Ele explica como foi criada a ferramenta SBT Ads, qual o modelo oferecido no autosserviço para compra de mídia, além das vantagens apresentadas em relação a projetos similares. A plataforma faz parte da reestruturação da Divisão de Negócios da emissora em busca de soluções para atender aos anunciantes em suas diferentes necessidades. O ambiente local foi muito bem pensado e possibilita diversas oportunidades de investimento no SBT, com conteúdo regional ou nacional, a baixo custo. 

Chamada de “self-service”, a plataforma torna o processo mais acessível, porém, sem criar barreiras ao trabalho das agências. Pelo contrário. Um dos diferenciais é exatamente não oferecer a produção de campanhas, para evitar concorrência com agências e criativos e, assim, não interferir negativamente na cadeia de produção. “Não teremos nada atrelado à produção por entender que a criatividade acaba sendo um diferencial e que é preciso ter o apoio de uma agência para a realização das campanhas”, adianta o diretor, que dá mais detalhes a seguir. 

DINÂMICA DO PROJETO  
“Foi uma provocação do time comercial ao Lab SBT, no sentido de desenvolver uma solução para facilitar o acesso de agências, pequenos e médios anunciantes ao inventário do SBT. O entendimento é de que para anunciar no SBT você pode fazer com diferentes tipos de investimentos, seja na TV ou digital. O SBT apresentou um primeiro piloto há oito meses para um grupo pequeno de agências. O modelo então foi revisitado com o objetivo de tornar mais acessível a compra de mídia nas plataformas do SBT.”

DIFERENCIAIS PARA O MERCADO 
 “O SBT fez um trabalho de visitar diversas agências pequenas e médias, a fim de entender suas dores e como poderíamos ajudá-las. Dessas visitas sugiram insights e o desejo das agências de nos ter como um diferencial dentro do seu portfólio de mídia. Para um anunciante local, existem diversas oportunidades de investimento no SBT com conteúdo regional ou nacional, onde temos 97% de cobertura. Existem muitas oportunidades de investimento para atingir diferentes objetivos.”

LIBERDADE CRIATIVA 
 “Entendemos que a peça criativa é fundamental para atingir os objetivos de comunicação e resultados do cliente. Por conta disso, não teremos este serviço na plataforma. Ao mesmo tempo, estaremos muito próximos dos nossos parceiros para garantir que as campanhas performem bem em nossas propriedades e produtos.” 

ACESSO PARA AS AFILIADAS  
“Depois da primeira fase de testes, iremos disponibilizar para nossas afiliadas que tiverem interesse.”


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade