Publicidade

Estado de Minas ARTE FINAL - BRIEFING

ESPETÁCULO DA TV ALTEROSA


postado em 05/01/2020 04:00 / atualizado em 01/01/2020 13:50

(foto: Marcos Vieria/DA Press)
(foto: Marcos Vieria/DA Press)

Quem não foi à Lagoa da Pampulha para o show da virada, espetáculo proporcionado pelo Réveillon da TV Alterosa há três décadas, perdeu mais uma oportunidade de dar as boas-vindas ao ano de 2020 em grande estilo. Foi mais uma festa com a marca registrada da TV Alterosa. Está de parabéns nossa colega Vércia Oliveira, gerente de eventos dos Diários Associados, e toda sua equipe, pelo brilhante trabalho. Um esforço hercúleo, mas recompensador pela grandeza do espetáculo. O evento é tradição, faz parte da cultura do belo-horizontino. Afinal, o povo mineiro não considera a Lagoa da Pampulha apenas o mais belo cartão-postal da cidade, e, sim, o fundo do quintal de casa de cada um deles. 

AGRADECIMENTO AOS TELESPECTADORES
Foram 12 minutos de fogos. No céu da Lagoa brilharam cores variadas e inesquecíveis, com mais de 150 efeitos preparados especialmente para o evento. O ambiente de alegria, confraternização e fraternidade imperou na orla da Lagoa da Pampulha. A infraestrutura preparada para receber o grande público, numa logística que mobilizou profissionais de diversas áreas, deu aos participantes conforto e segurança. O diretor de Comercialização e Marketing dos Diários Associados, Mário Neves, destaca que o "Réveillon é a festa que fecha o calendário da TV Alterosa, como um agradecimento ao público pelo apoio ao longo do ano". E, ao mesmo tempo, proporciona aos telespectadores a renovação ideal para encarar o novo ano que acabou de chegar.

PEDALA NO SUCESSO 
A Pedala - Entregas Sustentáveis, uma das startups investidas pelo BMG UpTech em parceria à Bossa Nova Investimentos, alcançou o esperado exit, termo que se refere ao ponto de "saída" dos investidores ou sócios. A plataforma foi vendida para a Ame, empresa da B2W e das Lojas Americanas, e irá fortalecer a logística dos grupos. As condições do negócio não foram detalhadas. A Pedala é uma solução que realiza entregas last mile para empresas de ecommerce, utilizando ciclistas profissionais para fazer o serviço. Por ser de bicicleta, consegue atender à demanda sempre no mesmo dia ou, no máximo, no dia seguinte, a um preço inferior ao dos concorrentes. 

MUDANÇA DE PATAMAR
Como não tem custos de gasolina e manutenção existentes nos outros modais de transporte, além de gerar no final do mês e repassar aos clientes relatório indicando quanto a empresa deixou de emitir de gás carbônico, o que contribui para a melhoria da qualidade de vida nos grandes centros urbanos, o custo-benefício é considerado muito satisfatório. O CEO do BMB UpTech, Rodolfo Santos, destaca que a venda da Pedala é uma confirmação do bom trabalho realizado. "Alcançar um exit é importante para todos os envolvidos. É uma oportunidade para a startup ganhar escala, se desenvolver ainda mais e atingir novos mercados. Além, claro, do retorno financeiro aos fundadores do negócio e aos investidores que apoiaram o projeto", argumenta Santos.

PLANTANDO SABERES 
O projeto 'Plantando Saberes', idealizado pela Associação de Cultura, Esporte e Lazer Movimenta Brasil, é um dos dez ganhadores da 7ª edição do programa Educar para Transformar, Chamada Pública de Projetos do Instituto MRV. O projeto, que foca na reestruturação da horta escolar e na formação de colaboradores efetivos para a manutenção do espaço de forma produtiva para a escola, além da qualificação de outros espaços verdes da escola e capacitações em sustentabilidade, receberá capacitações em gestão, acompanhamento de sua evolução e um aporte financeiro de R$160 mil, cada um, para o desenvolvimento das atividades durante dois anos. Nesta edição, foram cerca de 400 projetos inscritos pelas Organizações da Sociedade Civil (OSC's), em parceria com escolas públicas do ensino fundamental II e médio. 

EMPREGO 
Que tal começar 2020 de emprego novo? Nada mal para janeiro e fevereiro, os dois meses que normalmente mais pesam no orçamento doméstico, com vários compromissos para pagar. Melhor ainda se o emprego for em empresa sólida. Essa oportunidade existe na Drogaria Araujo, rede com 250 lojas e atendimento a todo Brasil pelo site www.araujo.com.br. Com projeto de inaugurar novas lojas em 2020, a empresa está oferecendo, até fim de janeiro, mais 350 vagas de emprego nos cargos de gerente e subgerente de loja, subgerente farmacêutico, farmacêutico, vendedor, fiscal de loja, operador de caixa e repositor de mercadorias. 

REQUESITOS 
Gerente e subgerente de loja (25 vagas) devem possuir curso superior completo em Farmácia, Administração de Empresas ou áreas afins, além de experiência em posições de gestão/liderança no varejo. Para o cargo de subgerente farmacêutico (15 vagas) é exigido ensino superior completo em Farmácia e CRF ativo. Também é necessário possuir experiência em posições de gestão/liderança no varejo. Já o cargo farmacêutico (10 vagas) necessita de ensino superior completo em Farmácia e CRF ativo, além de possuir experiência como responsável técnico em drogarias. Para ser vendedor (150 vagas) é preciso ter ensino médio completo e comprovação da experiência com vendas no varejo. Interessados nas vagas de operador de caixa (100 vagas) devem possuir ensino médio completo e não necessitam ter experiências profissionais anteriores. O processo seletivo ocorrerá até o fim de janeiro, e os interessados devem cadastrar o seu currículo no site www.trabalhenaaraujo.com.br.

PLANTANDO SABERES 
O projeto 'Plantando Saberes', idealizado pela Associação de Cultura, Esporte e Lazer Movimenta Brasil, é um dos dez ganhadores da 7ª edição do programa Educar para Transformar, Chamada Pública de Projetos do Instituto MRV. O projeto, que foca na reestruturação da horta escolar e na formação de colaboradores efetivos para a manutenção do espaço de forma produtiva para a escola, além da qualificação de outros espaços verdes da escola e capacitações em sustentabilidade, receberá capacitações em gestão, acompanhamento de sua evolução e um aporte financeiro de R$160 mil, cada um, para o desenvolvimento das atividades durante dois anos. Nesta edição, foram cerca de 400 projetos inscritos pelas Organizações da Sociedade Civil (OSC's), em parceria com escolas públicas do ensino fundamental II e médio. 


Publicidade