Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Coworking chega ao mundo político com aprovação da Câmara


postado em 28/04/2019 05:08

Os coworkings se tornaram solução a baixo custo até mesmo para o universo político (foto: Divulgação )
Os coworkings se tornaram solução a baixo custo até mesmo para o universo político (foto: Divulgação )

 

Antes restrito ao mercado empresarial, o coworking já deixou de ser novidade no país e se tornou uma realidade no mundo coorporativo. Mas, agora, a possibilidade de dividir um ambiente com várias pessoas, que podem ser de diversas áreas de atuação e organizações, para trabalhar e compartilhar ideias, com custo muito melhor chegou também à classe política. A Câmara dos Deputados liberou a utilização da cota parlamentar para a contratação de coworkings. A decisão foi publicada no Diário Oficial da Câmara em  18/04. Isso quer dizer que, agora, além de profissionais independentes e empresas, os parlamentares poderão desfrutar das vantagens dos espaços compartilhados.

Há um bom tempo, porém, os coworkings deixaram de ser espaços de trabalho para se transformarem em ambientes criativos e colaborativos, em que comunidades de profissionais são formadas. É voltado para vários públicos, dos profissionais independentes às grandes empresas, como Google e Apple, que contam com diversos projetos sendo desenvolvidos em coworkings.

E no caso da Câmara, a possibilidade de usar esses ambientes de trabalho não implica no aumento da cota dos parlamentares, conhecida como “cotão”. Para justificar a decisão, a Mesa Diretora da Casa destacou que os coworkings atenderão às necessidades de diversos deputados, além de possibilitar a redução de custos com aluguel. O deputado federal Vinícius Poit (Novo-SP) foi a principal liderança envolvida para a aprovação da medida. "Sempre fui um entusiasta de espaços de coworking. São mais baratos, colaborativos e inovadores. Mas, até o início dessa legislatura, a Câmara dos Deputados não previa que os gabinetes regionais pudessem estar em ambientes de coworking", disse.

Outra entusiasta dos coworkings, a deputada Luísa Canziani (PTB-PR) lembrou que esses espaços racionalizam as despesas de maneira efetiva, inclusive com serviços de copa e de recepcionista. A parlamentar também destacou o networking, pois nos coworkings é possível se conectar com pessoas das mais diversas áreas.

VANTAGENS  Estudos mostram que os espaços de coworkings contribuem para a produtividade dos profissionais, custo muito mais barato do que um escritório tradicional, na criação de rede de contatos de forma natural, aumentam as chances de conhecer novas pessoas, na ajuda de mão de obra especializada, no equilíbrio entre o trabalho e vida social, o aumento na participação de eventos, além do compartilhamento de diversas conveniências como wifi, café & água, chá, sala de reunião, sala privativa, ar condicionado, impressão, espaço de convivência, cozinha compartilhada, estação móvel de trabalho, armário locker, área de alimentação, frigobar, espaço lounge, acessibilidade, estacionamento, varanda, bicicletário, acesso 24/7, vestiário, acesso pet friendly, almoço no local, biblioteca e muitas outras.

Portanto, para quem busca um espaço compartilhado, o BeerOrCoffee oferece uma rede com mais de 700 coworkings em todo país. Para conferir as possibilidades e as soluções para as suas necessidades, acesse www.beerorcoffee.com.


Publicidade