Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Grêmio apresenta superávit recorde e dá exemplo de futebol sustentável


postado em 07/04/2019 05:09

Historicamente, o futebol brasileiro sempre esteve atrelado aos fracassos financeiros. As repetidas e escassas ações de marketing deixam o futebol brasileiro a milhares de quilômetros do faturamento dos principais clubes europeus. Mas eis que o Grêmio, de Porto Alegre, apresenta resultado superavitário pela terceira vez consecutiva, com recorde de R$ 54 milhões, segundo seus conselheiros. O resultado representa crescimento de 391% sobre 2017.

De acordo com o GO do clube, Carlos Amodeo, em 2018, o Grêmio atingiu a maior receita bruta de sua história, R$ 402 milhões, 16% a mais do que 2017. O EBITDA, indicador financeiro que representa quanto a instituição gerou de recursos por meio de suas atividades operacionais, descontando impostos, amortização, depreciação e resultado financeiro, foi de R$ 136 milhões, indicando um incremento de 56% em comparação a 2017. Já o superavit de R$ 54 milhões, no acumulado do ano, atingiu uma marca inédita na história gremista, 391% acima dos números apresentados em 2017.

TORCIDA CRESCE Com boons resutlados em campo, destaca-se também o desempenho das receitas do Quadro Social, que atingiram R$ 74 milhões, 11% superior ao ano anterior. Além disso, o clube reduziu em mais de 67% seu endividamento bancário e diminuiu em 32% no passivo circulante, resultando na melhoria de mais de 19% resultado financeiro.

Enfim, o clube gaúcho é mais um bom exemplo de que o futebol, administrativo com inteligência e eficiência, mesmo no Brasil, pode dar muito dinheiro mais aos clubes, que, invariavelmente, estão sempre à espera de um dinheiro fácil.


Publicidade