Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Balneário mineiro

O clima de calor, alegria, romance e frescor, característico da praia, invade a capital na próxima edição do Minas Trend, que marca o retorno do otimismo no mercado da moda


postado em 24/03/2019 05:07

Flávio Roscoe e Ronaldo Fraga(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Flávio Roscoe e Ronaldo Fraga (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Belo Horizonte vai ter praia. Pelo menos, em quatro dias de Minas Trend. É o que garante Ronaldo Fraga, diretor-criativo da 24ª edição da semana de moda, marcada para  9 a 12 de abril, que tem como tema “Em dias de sol”. O estilista quer reforçar o clima de otimismo que tem impulsionado o mercado. “A moda precisa entender o desejo do tempo e nesse momento queremos dias de férias, oxigênio, romance na beira da praia, festa com lua cheia e brisa do mar”, analisa.

Fraga antecipa que vai criar um clima de balneário mineiro no Expominas. Aquarelas desenhadas pelo próprio estilista brincam com situações inusitadas se houvesse praia na capital. O pirulito da Praça Sete se transforma em farol, a capivara aparece vestida de tubarão e uma baleia é vista nadando na Lagoa da Pampulha. Em tempos desafiadores, nada melhor que deixar o evento mais ensolarado. “Precisamos enxergar poesia em terras áridas. Quem trouxer otimismo vai se dar bem”, sentencia.

A estilista Natalia Pessoa, que comanda marca com o seu nome, se considera uma “otimista com os pés no chão”. Por isso, ela nunca deixou de fazer um trabalho envolvente. “Não podemos deixar de fazer a nossa obrigação, como criadores, que é lançar produtos que despertem desejo”, opina. Apesar de não desfilar mais, a marca continua a participar do salão de negócios, desde a primeira edição. “Quero continuar aqui em Minas, é o estado que me deu oportunidade.”

Belo Horizonte continua a dar o start da moda no Brasil, já que o Minas Trend apresenta os primeiros lançamentos do ano. De acordo com Fraga, o desfile de abertura permanece com a proposta de valorizar a moda autoral, com marcas que fazem um trabalho com assinatura. São elas: Fe-Lis, Anne est Folle, Libertees, Nouveau Jour, Jardin, Candê, Miêtta, m.AKT, Victoria, A.Gots, Pauzzi, Moon (óculos), Nuu Shoes (sapatos), Carlos Penna (acessórios), Camila Akemi (bolsas) e Virginia Barros (sapatos).

Os desfiles seguem nos dias 9 e 10 com Fátima Scofield, Sindijoias, Skazi, Patrícia Motta, Denise Valadares, Raquel de Queiroz e coletivo de Alagoas.

Desde a última edição, os organizadores sinalizam o desejo de aproximar o Minas Trend do público em geral. “É preciso pensar a moda muito além do negócio de venda de roupa, mas tudo o que ela traz para a cidade. Ela mexe com toda uma cadeia. Podemos falar em cultura e comportamento e esse momento é extremamente oportuno para abrir as portas”, analisa Fraga.

O diretor criativo espera que o Minas Trend seja ponto de encontro dos belo-horizontinos. A população terá livre acesso ao foyer, onde serão realizados shows, palestras e desfiles-relâmpago, nos dias 9 e 10, sempre às 15h, com looks selecionados por stylists entre as marcas participantes. Além disso, a Feira Aproxima reunirá chefs e produtores com pratos e ingredientes mineiros. Apenas a entrada no salão de negócios e na passarela continuarão restritas a compradores e convidados.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Flávio Roscoe, destaca o investimento em atrações culturais. “Abraçamos o mundo da cultura de maneira definitiva e queremos mostrar que moda e cultura não podem ser dissociadas”, diz. A programação do Minas Trend se estenderá para fora do Expominas, integrando toda a cidade. A peça de teatro Através da Iris, em que Nathalia Timberg interpreta a norte-americana Iris Apfel, ícone da moda, será apresentada nos dias 13 e 14 no Teatro Sesiminas.

RECORDE
Os organizadores já veem reflexos da estratégia de abrir o Minas Trend para todo o público. Pela primeira vez, todos os espaços no salão de negócios foram vendidos ainda em janeiro. Segundo Roscoe, o número de expositores cresceu acima de 10%. O presidente da Fiemg acrescenta que conseguiu reduzir os custos e aumentar as receitas em 40%, fazendo com que o evento alcance o equilíbrio financeiro. “Vivemos um momento econômico melhor e isso vai ser revertido em vendas. Acredito que vamos ter um recorde”, prevê.

Cellso Afonso, presidente do Sindibolsas, conta que a abertura para o público é uma reivindicação antiga do setor. “Sempre achei o evento tão grandioso que deveria receber todas as pessoas. O público não pode achar que o Minas Trend é um lugar inacessível”, destaca. Afonso vai além e defende que os consumidores deveriam ter permissão para entrar no salão de negócios no último dia. Não para comprar, mas para estreitar o relacionamento com as marcas.


Publicidade