Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Black Friday cresce como opção de compra e consumidores antecipam o Natal


postado em 04/11/2018 05:06

Os Diários Associados apresentam um plano de mídia para impulsionar vendas(foto: EM/Divulgação )
Os Diários Associados apresentam um plano de mídia para impulsionar vendas (foto: EM/Divulgação )

 

 

O mês de novembro é tradicionalmente marcado pelo movimento publicitário em função do Natal. Não resta dúvida que a data ainda continua sendo a mais importante para o mercado. Porém, o Natal do ano atípico de eleições e crise econômica, ainda enfrenta mais um forte corte concorrente e que cresce ano a ano: a Black Friday.


As tradicionais campanhas de Natal, que normalmente preenchiam o espaço comercial das TV´s e de outras mídias, ainda estão muito tímidas neste início de mês. Depois do massacre da publicidade política, o foco se desviou para a sexta-feira de ofertas no ambiente virtual, que este ano será dia 23 de novembro, acompanhando a data americana.


O evento já era considerado um dos mais importantes para lojistas e consumidores, mas ainda havia dúvida de sua real concorrência com o Natal. Uma pesquisa, no entanto, divulgada pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e realizada em parceria com a Ferraz Pesquisa de Mercado, confirma a tendência de crescimento da Black Friday, atraindo ainda mais as atenções do varejo e das marcas.

NÚMEROS De acordo com a pesquisa, a cada ano, a fatia da Black Friday cresce em relação ao Natal. Entre os entrevistados, 37% declararam que irão antecipar suas compras natalinas na Black Friday 2018. A porcentagem fica ainda maior quando analisado apenas o setor de vestuário, que mais da metade (53%) das compras de roupas, calçados e acessórios serão antecipadas do final do ano. Já no setor de eletrônicos, a fatia é menor, representando 32% das intenções dos entrevistados.
Apesar de toda a crise econômica e níveis altos de desemprego, a estimativa é de que as vendas superem o ano passado e alcançar entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões em faturamento. De acordo com levantamento feito pela Ebit|Nielsen, o crescimento será de 15% e renderá faturamento de R$ 2,43 bilhões. O instituto ainda propõe aumento no número de pedidos realizados na data, que passarão de 3,76 milhões para 4 milhões.


A pesquisa online consultou 403 consumidores, de todos os estratos sociais, em quatro Estados (Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul) e o Distrito Federal, entre os dias 10 e 21 de setembro.

ANUNCIO NO EM E para ajudar as empresas a impulsionarem suas vendas, aproveitamento justamente a intenção de compra dos consumidores, os Diários Associados apresentam um plano de mídia com descontos imperdíveis, que pode ser contratado no período de 15 de outubro a 23 de novembro. As oportunidades comerciais contemplam anúncios no Estado de Minas, banners no Portal Uai e merchans nos programas da TV Alterosa. Aproveite essa oportunidade para aumentar o seu faturamento. Para anunciar ligue: (31) 3263-5031.


Publicidade