Publicidade

Estado de Minas

Governador de Minas e prefeito de Belo Horizonte comparecem ao velório de Niemeyer


postado em 07/12/2012 12:41 / atualizado em 07/12/2012 16:29

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, esteve na manhã de hoje (07) no velório do arquiteto Oscar Niemeyer, no Palácio da Cidade, residência oficial do prefeito do Rio de Janeiro. Ele chegou acompanhado do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, e de Maristela Kubitschek, filha mais nova do ex-presidente da República, Juscelino Kubitschek, que ergueu Brasília com os traços do arquiteto.

Qual a mais bela obra de Oscar Niemeyer? Vote na enquete!


Os três permaneceram no velório por cerca de 20 minutos e na saída, Anastasia lembrou que a imagem de Oscar Niemeyer está muito associada a Minas Gerais, especialmente a Belo Horizonte, onde, segundo ele, está provavelmente sua primeira obra internacionalmente reconhecida, a Igreja da Pampulha, construída na década de 1940 pelo então prefeito da cidade, Juscelino Kubitschek.

Anastasia lembrou da imagem de Niemeyer ao longo de toda sua vida. “Uma longa vida dedicada ao interesse público, à ciência, à arquitetura e, sobretudo, um ser humano querido por todos”, disse.

Já o prefeito Márcio Lacerda, chamou Niemeyer de “um grande brasileiro, um arquiteto de expressão mundial. É um herói que precisamos cultuar, que mostra a capacidade que o brasileiro tem de se expressar”.

O corpo de Niemeyer será velado no salão nobre do Palácio da Cidade até às 15h. O corpo sairá do local em cortejo às 17h. O enterro está marcado para as 17h30 no jazigo da família, no Cemitério São João Batista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade