Publicidade

Estado de Minas

Corpo de Niemeyer deve seguir para Brasília às 12 horas

Missa de corpo presente foi realizada na capela de hospital carioca. A neta Ana Lúcia disse que o avô, apesar de ateu, sempre pedia para que fosse celebrada uma missa quando algum parente morria


postado em 06/12/2012 10:06 / atualizado em 06/12/2012 11:27

O voo com o corpo do arquiteto Oscar Niemeyer rumo a Brasília, onde será velado no Palácio do Planalto, está previsto para sair do Aeroporto Santos Dumont às 12h desta quinta-feira, em um avião cedido pelo governo federal.

Confira toda a trajetória do artista de traço inconfundível

Conheça as obras do arquiteto pelo mundo, na infografia especial

A missa de corpo presente do arquiteto, na capela do Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro, durou 20 minutos. A missa foi celebrada na manhã desta quinta pelos padres Jorjão, da Igreja Nossa Senhora da Paz, e Omar Raposo, da Paróquia Cristo Redentor, ambas na zona sul, e teve a presença apenas de parentes e amigos.

A neta do arquiteto, Ana Lúcia, disse que o avô, apesar de ateu, sempre pedia para que fosse celebrada uma missa quando algum conhecido ou parente morria.

A viúva de Niemeyer, dona Vera, não quis falar com os jornalistas, mas a neta do arquiteto, Ana Lúcia, disse que "Niemeyer estava lúcido e tinha previsão de ir para o quarto. A vida dele era o trabalho. Fica a representação física e ideológica que vai ser mantida".

O corpo permanece no hospital e ainda nesta manhã será levado para o Aeroporto Santos Dumont, de onde seguirá em voo fretado para Brasília. O cortejo será escoltado pela Guarda Municipal. Na capital federal, o velório ocorrerá no Palácio do Planalto até a noite, quando o corpo retorna ao Rio, para ser velado no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio.

O enterro está marcado para esta sexta-feira, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O horário ainda será definido.

Oscar Niemeyer morreu na noite desta quarta, no Hospital Samaritano, em Botafogo, onde estava internado desde o dia 2 de novembro, vítima de complicações renais e desidratação. Por causa de uma infecção respiratória, o arquiteto, que estava na unidade intermediária do hospital, ficou sedado e respirando com auxílio de aparelhos. Niemeyer morreu às 21h55. Ele completaria 105 anos no próximo dias 15.

Velório começa às 15h
O velório no Palácio do Planalto começará às 15h. Antes de chegar ao palácio, haverá um cortejo de aproximadamente 40 minutos, acompanhado pela cavalaria dos Dragões da Independência, de acordo com informações da Presidência da República.

Na chegada ao Palácio do Planalto, o corpo de Niemeyer será recebido pela presidenta Dilma Rousseff, junto com a guarda dos Dragões da Independência, que acompanhará o velório aberto a autoridades e parentes até as 16h. Entre 16h e 20h, o velório será aberto ao público.

Depois, o corpo volta para o Rio, onde será velado no Palácio da Cidade. O enterro do arquiteto está previsto para amanhã (7) no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Com Agências

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade