Publicidade

Estado de Minas

Aécio: Alencar foi um guerreiro em toda sua vida


postado em 29/03/2011 15:42 / atualizado em 29/03/2011 16:32

O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) lamentou, nesta terça-feira, a morte do ex-vice-presidente José Alencar. Durante uma breve entrevista no Congresso, Aécio afirmou que Alencar ''foi um guerreiro em toda sua vida'' e ''um obstinado acima de tudo''. ''Ele compreendia como poucos as necessidades de ampliar as parceiras do governo com o setor privado. Foi um guerreiro em toda a sua vida, um empreendedor e um obstinado acima de tudo'', declarou.

Aécio lembrou ainda que Alencar foi um mineiro arraigado, sempre mantendo as tradições de seu estado. ''Um mineiro em sua essência, ele fazia questão de contar em verso e prosa suas origens. Fica a lembrança de um homem muito cordial, amável, que construiu pontes'', disse o senador.

Infográfico mostra a luta de Alencar contra o câncer


Na tarde desta terça-feira, o ex-governador de Minas divulgou nota manifestando o pesar pela morte afirmando que ''Minas chora por um de seus filhos mais queridos''.


Confira a nota na íntegra:

José Alencar foi um líder maiúsculo, que honrou os melhores valores de Minas e cada uma das páginas de nossa história.

Empreendedor e visionário por natureza, levou para a vida pública, no Senado da República e na Vice-Presidência, a densa experiência de quem construiu um verdadeiro império com dedicação e trabalho duro.

Neste itinerário, a partir do chão das muitas fábricas que colocou de pé, soube moldar uma generosa visão nacional.

Homem público exemplar, dedicou-se, como poucos, à causa do desenvolvimento brasileiro. Seu compromisso com ele era tão superior que se permitia, naturalmente e sem constrangimentos, fazer críticas e cobranças públicas ao governo do qual compartilhava o comando.

Desse patamar, deu inestimáveis contribuições a Minas e ao País.

Jamais perdeu a fé. Foi sempre um bravo. Um lutador que enfrentou os sacrifícios impostos pela doença de forma exemplar, com coragem e desprendimento, e um incorrigível otimismo.

Minas inteira chora por um dos seus filhos mais queridos.

O Brasil está de luto.

Perdemos, todos, um dos melhores homens públicos de nossa história.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade